Arez Quinhentista

Contributos para a sua História




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

O Projecto “Arez Quinhentista” resultou da parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Arez e a União de Freguesias de Arez e Amieira do Tejo e teve como objetivo dar corpo às celebrações da atribuição do foral de Arez, pelo rei D. Manuel I, a 20 de outubro de 1517 e simultaneamente da fundação da sua Misericórdia que ocorreu também no decurso do século XVI. ¶ Diversos momentos e atividades marcaram estas comemorações, destacando-se, pelo simbolismo, a organização das Jornadas de História Local de Arez que tiveram lugar na Capela da Misericórdia, das quais resultaram diversos contributos científicos, tendo contado com ampla participação da população que deu vida e sentido ao evento. ¶ Estas jornadas contaram com a colaboração dos comunicantes, especialistas nas temáticas abordadas, e que de forma desinteressada e abnegada aceitaram ser os autores desta publicação, assim como com a generosidade de diversas entidades que, tanto pela qualidade como pela importância do evento, se quiseram associar como patrocinadores. A todos a Santa Casa da Misericórdia de Arez agradece. ¶ Um livro do presente que nos conta parte de uma História com 500 anos.

Índice:

Prefácio

Os forais das antigas vilas do território do actual concelho
de Nisa – O foral manuelino de Arez
José Dinis Murta

Nota introdutória

Os romanos – a romanização

O nascimento de Jesus Cristo – O Cristianismo

Os bárbaros – suevos e visigodos

A invasão árabe e a conquista da Península Ibérica
O Islão – os muçulmanos

A reconquista cristã da Península Ibérica

A sociedade medieval – clero, nobreza e povo

A reconquista cristã – As doações régias. Senhorios – reguengos,
coutos e honras

Os forais – Os forais medievais. Os concelhos

A reforma dos forais – os forais manuelinos

Elaboração dos forais manuelinos

O foral manuelino de Arez

Vocabulário

Breve cronologia

Arez sob a jurisdição da Ordem de Cristo
Ana Santos Leitão

A vila de Ares

A Comenda

O Titollo da Comenda de Ares de 1505

O Tombo de St.ª Maria de Ares da Ordem de Cristo de 1639

Notas finais

A Casa da Misericórdia de Arez: história, arte e valorização
patrimonial
Joana Balsa de Pinho

Considerações iniciais

O local de funcionamento inicial

A constituição da Casa da Misericórdia e a concepção do edifício

A localização urbana

As características arquitectónico-artísticas do edifício

Considerações finais

Formas e funções da pintura mural do Norte Alentejo:
a igreja da Misericórdia de Arez
Patrícia Alexandra Rodrigues Monteiro

As “artes da cal” nas Misericórdias

Formas e funções da pintura mural nas Misericórdias do Alentejo

Pintura como mimesis: fingimentos azulejares e retabulares

O retábulo fingido no Norte Alentejo

Notas finais

Agradecimentos

Fontes e Bibliografia

Imagens

Detalhes:

Ano: 2018
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 100
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-485-6
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/10/2019
DESENHO INFANTIL, da autoria de Orlando Fialho
LANÇAMENTO: dia 19 de Outubro de 2019 (Sábado), às 18h15, no Holiday Inn Lisbon-Continental, em Lisboa. Apresentação: Dr.ª Maria Fernanda Alexandre

01/09/2019
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Encerramos para férias entre 1 e 30 de Agosto, por isso não podemos satisfazer quaisquer encomendas neste período. A partir de 2 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

29/07/2019
Mestre JOSÉ SALGUEIRO
JOSÉ ANTÓNIO SALGUEIRO

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99