São Bartolomeu de Messines e o Concelho de Silves

Dos alvores do Liberalismo ao 5 de outubro de 1910




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Entre a serra e o barrocal algarvios, num vale fértil e rico em água, encostada a uma pequena montanha de seu nome Penedo Grande, ergue-se São Bartolomeu de Messines. Aldeia singular, eixo de acessibilidades ao Algarve, conheceu ao longo do século XIX a agitação das revoluções, participando ativamente nos momentos decisivos da História de Portugal. ********************************************************* Os nomes de Remexido e de João de Deus erguem-se mais alto na história da aldeia, projectando-a além-fronteiras, mas, nesta obra, edificaram a história e o futuro coléticos através do poder fecundo da vontade e da persistência. É para esta caminhada no tempo, que nos alcança e desafia, que convidamos o leitor.

Índice:

INTRODUÇÃO
O tema
A metodologia e as fontes escritas


Primeira Parte

ENQUADRAMENTO GEOGRÁFICO - HISTÓRICO
I. Condições físicas, geográficas e morfológicas
II. Antecedentes históricos
1. As origens
2. Da fundação da freguesia ao século XVIII 29


Segunda Parte

Interações ENTRE A HISTÓRIA LOCAL / REGIONAL E A HISTÓRIA NACIONAL
I. As Invasões Francesas e o alvor do liberalismo
II. Do parlamento liberal ao absolutismo de D. Miguel
1. A década de 1820 em São Bartolomeu de Messines
2. Da Silves absolutista à Guerra Civil
3. O duque da Terceira no Algarve
4. A Batalha de Santa Ana (ou de São Bartolomeu de Messines)
III. A vitória definitiva do liberalismo e a instabilidade constitucional
1. A nova ordem constitucional e o seu impacte na aldeia
2. A Revolução de Setembro e a guerrilha do Remexido
3. A prisão do Remexido
4. Os derradeiros anos do movimento
5. O impacte da guerrilha na aldeia
6. A família de Remexido e os seus bens
7. Das revoltas da Maria da Fonte à Patuleia

IV. A Regeneração e o seu impacte em São Bartolomeu de Messines
1. As estradas
1.1 Estradas reais
1.1.1 Estrada real por São Bartolomeu de Messines
ao Alentejo (Faro a Beja)
1.1.2 A estrada real n.º 77 – Portimão, Silves a São Bartolomeu de Messines
1.2 Estradas municipais
1.2.1 Estrada municipal n.º 72 – Pêra a São Bartolomeu de Messines
1.2.2 Estrada municipal n.º 13 – São Bartolomeu de Messines ao Ameixial – lanço a Messines de Baixo
1.2.3 Estrada municipal n.º 129 – Calçada à Amorosa
1.3 Estradas distritais
1.3.1 Estrada distrital n.º 196, de São Bartolomeu de Messines por Loulé, São João da Venda e Tavira – lanço de São Bartolomeu de Messines a Paderne
1.3.2 Estrada para a estação ferroviária de São Bartolomeu de Messines
1.4 Os transportes rodoviários
2. O caminho de ferro do Algarve
2.1 As disputas parlamentares
2.2 O início e a suspensão dos trabalhos: a luta de uma província
2.3 A seca e o recomeço dos trabalhos
2.4 A Lei de 29 de março de 1883 e a conclusão do caminho de ferro do Algarve
2.5 O ramal de São Bartolomeu de Messines a Portimão

V. João de Deus e a Cartilha Maternal – um messinense no panteão dos Jerónimos
1. As origens e o percurso académico
2. A eleição para deputado
3. As primeiras obras e a Cartilha Maternal
4. A consagração nacional
4.1 Dia 8 de março de 1895
4.2 A derradeira homenagem
5. Maria da Piedade Bastos – uma professora pioneira e defensora do método João de Deus

VI. A Monarquia Constitucional e o alvor do Partido Republicano Português
1. A visita Real ao Algarve em 1897 – a passagem pela aldeia
2. O republicanismo em Portugal
2.1 O Partido Republicano Português das origens ao 31 de Janeiro de 1891
2.2 A reorganização do Partido Republicano Português
2.3 O Partido Republicano Português em São Bartolomeu de Messines
2.4 A reorganização do Partido Republicano Português no Algarve
3. O regicídio e os dois últimos anos da Monarquia Constitucional
3.1 O monumento a João de Deus em São Bartolomeu de Messines
3.2 A aldeia a caminho do 5 de outubro
3.2.1 O comício republicano
3.3 A revolução


Terceira Parte

FRAGMENTOS DA HISTÓRIA SOCIAL E ECONÓMICA
I. Fenómenos naturais extremos
II. A População

III. A Instrução
1. Os primeiros professores na aldeia
2. A escola do sexo feminino
3. Uma aldeia, duas escolas
4. A escola da Cumeada
5. As festas escolares
6. A evolução da literacia em São Bartolomeu de Messines e no concelho

IV. A Saúde Pública
1. Doenças endémicas
2. O facultativo municipal
3. O 4.º partido médico municipal – São Bartolomeu de Messines
4. O partido farmacêutico municipal
5. O cemitério

V. Atividades económicas
1. Setor Primário
2. Setor Secundário
3. Setor Terciário
3.1 Comércio interno
3.2 As feiras e os mercados
3.3 A comercialização do peixe e das carnes verdes
3.4 A estação ferroviária no contexto local e regional
3.4.1 Passageiros
3.4.2 Mercadorias
3.5 A estação postal no contexto local e regional
VI. Um breve olhar sobre a Sociedade
1. Contributo para o estudo das sociabilidades
1.1 As festas religiosas
1.2 As feiras e os mercados
1.3 A música
1.4 O teatro
1.5 Outros festejos e atividades
2. A solidariedade social
3. Os litígios / Juízo de Paz

VII. O crescimento urbano da aldeia
1. O novo edificado e a sua caraterização arquitetónica
1.1 Edifícios datados
1.2 Edifícios não datados
1.3 Outros imóveis já demolidos
2. Materiais de construção
3. Caraterização urbana da aldeia, em 1910
4. O abastecimento de água / saneamento

CONCLUSÃO

FONTES E BIBLIOGRAFIA

ANEXOS




AUTOR:

AURÉLIO NUNO DOS SANTOS CABRITA natural de São Bartolomeu de Messines, nasceu a 14 de Agosto de 1978. Licenciado em Engenharia do Ambiente e Mestre em História do Algarve, pela mesma instituição, é técnico superior de ambiente no Município de Odemira. Tem colaborado com diferentes entidades regionais na organização de exposições temáticas sobre personalidades ou acontecimentos históricos de relevo para o Algarve. É colunista no mensário do concelho de Silves “Terra Ruiva” e no jornal digital “Sul Informação”.

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 496
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898649
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/10/2019
DESENHO INFANTIL, da autoria de Orlando Fialho
LANÇAMENTO: dia 19 de Outubro de 2019 (Sábado), às 18h15, no Holiday Inn Lisbon-Continental, em Lisboa. Apresentação: Dr.ª Maria Fernanda Alexandre

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99