Mulheres, Trabalho e Alentejo

Caderno de Histórias de Vida




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Quando em 1995 perdi alguém que me é querido, o meu coração apelou para que continuasse a viver com essa pessoa. Hoje vivo com ela de uma forma plena, porque sinto que se tornou imortal. ¶ Foi este o modo que encontrei para valorizar o percurso da minha mãe e de algumas outras mulheres deste recanto do Alentejo. São histórias que ficam registadas e que serão revividas sempre que alguém as procure neste livro. ¶ O trabalho, a vida amorosa e familiar, as dificuldades económicas do seu tempo, os divertimentos e as emoções, de tudo um pouco se encontra nestes testemunhos, por vezes duros e difíceis, de gente que aplanou o terreno para que hoje fossemos mais livres e mais felizes. ¶ Quando algumas destas mulheres viram escrito o seu relato e desenhado o seu retrato, exclamaram: ¶¶ “Quando eu contava aos meus como tinha sido a minha vida, não acreditavam, diziam que eu estava a mentir, que era impossível!... Agora, está escrito!!...” ¶¶ E foi com enorme talento que a Marta, através da fotografia e do desenho, expressou o seu caloroso afecto por estas mulheres.

Índice:

Notas Biográficas

Prefácios

Adelaide Teixeira | Presidente da Câmara de Portalegre


Álvaro Domingues

Isabel Marçano

Teresa Simão

Palavras Prévias

A história da minha mãe

À procura de uma resposta

As trabalhadoras da Fábrica Robinson

As trabalhadoras da Fábrica de Lanifícios

As trabalhadoras da Manufactura das Tapeçarias

As trabalhadoras da Serra de S. Mamede

Acerca de uma visita ao Centro de Bem Estar Social de Reguengo

Notas breves

Palavras faladas nesta região do Alentejo




********


AUTORAS:

MARÍLIA RIBEIRO “Nasci no dia 30 de novembro de 1963, em Lisboa, mas a minha infância e adolescência foram passadas em Sacavém e em Amieira do Tejo, uma aldeia do Alentejo. Nesta aldeia viveram os meus avós e a minha mãe (…). Lembro-me de, em criança, contar os dias para que chegassem as férias para ir até àquela aldeia onde me sentia livre, até àquela casa onde me sentia feliz. Depois de ter terminado o curso de Sociologia, comecei a trabalhar como Conselheira de Orientação Profissional. A experiência que fui adquirindo desde 2003, ano em que me mudei para Portalegre, influenciou, de certa forma, o meu interesse por Histórias de Vida, porque, ao ler as autobiografias das pessoas que chegavam até mim, despertei para a riqueza que qualquer um(a) traz dentro de si (…). Foi em 2013, ao participar na “Ajudada” – um movimento (…) que aconteceu em Portalegre – que tomei consciência de um sonho: eu queria sentar-me ao lado de mulheres lutadoras, ouvir as suas histórias e escrevê-las num caderno (…)”.


MARTA NUNES “Nasci na primavera de 1984, em Lousada. Desde que me lembro que gosto de desenhar. Aprendi a fazê-lo mesmo antes de falar ou escrever, dando forma aos meus sonhos e às histórias que as minhas avós me contavam. O desenho fez-me rumar para o interior do país e fazer a minha formação em Arquitectura, mas sem nunca deixar de gostar de ouvir histórias. Em 2013 mudei-me para Portalegre e continuei a desenhar mais do que a falar e a ouvir mais do que a escrever, sempre fascinada pelos rostos dos outros, pelas vidas que cada um tem para partilhar. Quando a Marília partilhou o seu sonho comigo, perguntei se lhe podia fazer companhia, se podia seguir com ela o caminho e ouvir tantas histórias como as que as minhas avós me contavam, fazendo o que sempre soube fazer melhor, ouvindo e desenhando”.

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 146
Formato: 27x24,5
ISBN: 9789896898830
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/10/2019
DESENHO INFANTIL, da autoria de Orlando Fialho
LANÇAMENTO: dia 19 de Outubro de 2019 (Sábado), às 18h15, no Holiday Inn Lisbon-Continental, em Lisboa. Apresentação: Dr.ª Maria Fernanda Alexandre

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99