Memórias das Pessoas, Tempos e Lugares




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Este livro e outros que pretendo futuramente escrever são como que uma herança de mim, Memórias de Pessoas, Tempos e Lugares, de uma vida marcada pela diversidade de culturas e povos que a título pessoal ou, de modo particular, tive o privilégio de contactar e conhecer por motivos de ordem profissional, em representação de Portugal em actividades, reuniões, conferências e outrem, tanto no âmbito das Relações Bilaterais como no das Relações Multilaterais, funções estas que me foram atribuídas pelos vários Governos durante vinte e quatro anos. ********************************************************* O carro rodava, aí por 10 a 15 quilómetros hora – velocidade vertiginosa para a época e para a Ilha –, e sem os outros dois ocupantes – casal de velhos – se aperceberem, abri uma porta traseira e lancei-me para a rua em “salto de macaco” – hoje dos paraquedistas ou dos Comandos na ordem militar. Vendo o carro a afastar-se, limpei os joelhos da poeira da estrada e fui correndo atrás do Fiat, fazendo algum barulho e chamando por meu tio. Valeu-me um casal que vinha a pé em sentido contrário e viram tudo. Fizeram vários sinais a meu tio, que imediatamente travou e viu-me a correr ao lado do automóvel, para não perder a boleia!!! Claro que as consequências físicas foram esfolões nos joelhos e nas mãos; as morais, foram a impossibilidade de ir a S. João durante uma semana alimentar as Abelhas.

Índice:

Agradecimento

Notas Prévias

Eu português, nascido no Funchal, me apresento

Libertação da Insularidade. Funchal-Lisboa-Porto

Agora # Hora – Do Certo ao Incerto

Programação do Concurso Llangollen International da Universidade de Coimbra



AUTOR:

João Lopes Serrado nasceu em Funchal, Ilha da Madeira, em 1934. Foi professor, psicólogo, investigador da Fundação Calouste Gulbenkian (1963-73). Participante na coordenação civil da divulgação, no País e no estrangeiro, em fins de 1974-75, das acções de divulgação do Movimento do mfa do 25 de Abril de 1974.
Na qualidade de Secretário Executivo da Comissão Nacional da UNESCO – Portugal – MNE, de 1981 a 1999, realizou missões oficiais em dezenas de Estados-membros da Organização das Nações Unidas – UNESCO.
Participou conjuntamente com o seu homólogo da República Popular da China, e com as Autoridades portuguesas de Macau, nos anos 90, na negociação para a criação do Centro UNESCO e da Juventude de Macau, no quadro daquela Organização das Nações Unidas.
Desde 2001, colaborou em colóquios, tertúlias, congressos ou intervenções de carácter político, nacional e internacional.

Detalhes:

Ano: 2018
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 196
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-754-3
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
02/09/2018
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Encerramos para férias entre 1 de Agosto e 2 de Setembro, por isso não podemos satisfazer quaisquer encomendas. A partir de 3 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

01/09/2018
COMENDA COM GENTE – Fotobiografia de uma Aldeia Alentejana, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 01 de Setembro (sáb.), às 15h00, no Salão Paroquial e Comunitário da Comenda. Apresentação: Dr. Silvestre Lacerda (Director do Arquivo Nacional da Torre do Tombo)

26/07/2018
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO ARQUIPÉLAGO DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE (1470-1975), da autoria de Lúcio Neto Amado
LANÇAMENTO: dia 26 de Julho (5.ª feira), às 18h00, no Tabernáculo do Hernâni, em Lisboa. Apresentação: Dr. Abílio Neto

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99