Ucrânia

Uma Guerra de embustes




Recomendar livro a um amigo
Colecção: Tribuna Pública

Sinopse:

A Guerra que se vive na Europa, nos dias de hoje, não é de agora; ela é a expressão de um conflito nascido, pelo menos, em 1917. Não se trata de dois Estados a enfrentarem-se, mas de uma luta entre gigantes com pontos de vista, culturas e maneiras de estar na vida completamente diferentes e antagónicas. Não é uma guerra entre a Rússia e a Ucrânia; é um confronto que ultrapassa esses limites estreitos, pois tem reflexos em todo o mundo. Podendo parecer que os seus contornos resultam de pontos de vista estratégicos clássicos, que opõem o poder marítimo ao poder terrestre, contudo, para o compreender tem de se ir mais longe, abarcando as vertentes económicas e culturais de um mundo globalizado. ¶ As crónicas que compõem o livro estão balizadas temporalmente, sendo que vão de antes do início das operações militares até Setembro de 2022, data que marquei antecipadamente, por ter admitido a curta duração da guerra. Ao longo dos dias fui-me apercebendo do meu erro inicial. Todavia, não quis alterar os limites temporais, porque se tornou imprevisível uma data para as armas se calarem, dando lugar à diplomacia. ******************************************************** «Metodologicamente as minhas análises seguem três princípios, a saber: um, aquilo que está consagrado nos estudo dos teóricos da Geopolítica, em especial daqueles que se debruçaram sobre o confronto entre o poder marítimo e o poder terrestre; outro, a crítica desapaixonada das informações colhidas nos órgãos de comunicação social; por fim, o lançamento de hipóteses verosímeis resultantes da inter-relação entre os dois anteriores de modo a tentar equacionar pontos de vista que, em regra, não surjam tão evidentes que sejam imediatamente perceptíveis. Deste modo, fui escrevendo crónicas sobre os acontecimentos, tal e qual como se estivesse a dar aulas na universidade ou a explicar o conflito a um ministro da Defesa de um hipotético Estado, expondo os meus pontos de vista e as conclusões que tirava daquilo que ia sendo conhecido.»

Índice:

Prefácio

Crimeia

Ucrânia, qual a verdade?

A guerra

O incompreendido

A Estratégia e o Estrategista

Parábola do nosso tempo

A Rússia

Barbas a arder

Como se lavam cérebros

A História repete-se?

Querem que eu diga?

Ingerências na liberdade

Cultura e agressão

O petrodólar e a economia mundial

A guerra actual e as anteriores

A Suécia, a Finlândia e a NATO

Visão de embaixador

Hoje é o contrário de ontem ou talvez não

O erro da Europa nesta guerra

Ainda a Europa e a actual guerra

Como vai a guerra?

O julgamento

Sanções económicas

Morrem generais

Acabou e depois?

Oportunismos em tempos de Guerra

A guerra e o PCP

E se eu fosse americano?

Será paliativo?

Direitos Humanos e prisioneiros de guerra

Pronto, já está!

Vitórias morais ou sacrifícios inúteis?

Conhecimentos oportunos

Putin: ditador, assassino e invasor

Uma guerra de posição ou de guerrilha?

A porta dos fundos

Uma estratégia de Putin

A OTAN em Madrid

A OTAN durante a URSS e depois

Antes de conversar há que vergar

A queda de Boris e a guerra

Do multiculturalismo à xenofobia nos EUA e a Rússia

11 de Setembro

O outro pilar

A história da faca de cozinha

Quando a língua foge para a verdade

As demissões e os mísseis

O Acordo

Comparações e a paz

Do direito dos outros até ao gás

Uma vaga estratégia europeia

Aliás, sim, mas porquê?

Uma cultura para enganar

De janelas e portas abertas

A corrida de fundo

A causa das guerras

As reviravoltas de Putin

O tempo das sanções

A impagável dupla

As centrais nucleares

O Conselho de Segurança e os conflitos

O milho para os pombos

As loucas exigências

Pouco a dizer

O Buraco Negro

Correspondentes de guerra

Essa coisa a que chamam democracia

O visto da estupidez

Quando se tem medo da História

Central nuclear de Zaporizhia

Macron, a Europa e a guerra

Da Coreia à Ucrânia

Ponto da situação estratégica

Posfácio

Bibliografia



* * * * *


O AUTOR:

LUÍS ALVES DE FRAGA, coronel reformado da Força Aérea, nasceu em Lisboa, em 1941, foi aluno do Instituto dos Pupilos do Exército, é diplomado pela Academia Militar (1965), licenciado em Ciências Político-Sociais pelo ISCSP (1977), é mestre em Estratégia (1991) pelo mesmo Instituto da Universidade Técnica de Lisboa e é doutorado em História pela Universidade Autónoma de Lisboa (2009), onde leccionou 25 anos consecutivos. Foi professor do Instituto de Altos Estudos da Força Aérea (1981-1985) e da Academia da Força Aérea (1985-1996). É autor de vários livros sobre a participação de Portugal na Grande Guerra numa perspectiva da História e da Estratégia. Tem mais de uma centena de artigos históricos publicados em revistas da especialidade.

Detalhes:

Ano: 2023
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 222
Formato: 23x16
ISBN: 9789895662920
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
28/04/2024
LORIGA – CONTRIBUTO PARA UM PLANO DE INTERVENÇÃO TURÍSTICA, da autoria de Horácio M. M. de Brito
LANAMENTO: 28 de abril (dom.), às 15H00, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Loriga. Apresentação: Dr Rogério Figueiredo (Prof. do Ens. Secundário) e Prof.ª Doutora Manuela Mendonça (Presidente da Academia Portuguesa da História)

15/04/2024
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA OS ARQUIVOS, da autoria de Maria Perdigão
LANÇAMENTO: dia 15 de Abril 2024 (2.ª feira), às 18h30, Sala C134.A, na Faculdade de Letras de Lisboa, em Lisboa. Apresentação: Carlos Guardado da Silva

13/04/2024
VENHO DE LÁ – ESTÓRIAS E MEMÓRIAS DE MARVÃO, da autoria de Natália Batista
APRESENTAÇÃO: 13 de Abril de 2024 (sábado) às 15h30, no Auditório Municipal Maestro César Batalha, em Oeiras. Apresentação: Luís Osório (Escritor e Jornalista)

12/04/2024
CAPITÃES DE ABRIL – A CONSPIRAÇÃO E O GOLPE
LANÇAMENTO: dia 12 de abril 2024 (6.ª feira), às 18h30, na Gare Marítima de Alcântara (Doca de Alcântara - Estação Marítima), em Lisboa. Apresentação: Rodrigo Sousa e Castro

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 “Chamadas para a rede fixa nacional (PT), de acordo com o tarifário do utilizador” ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]