O Homem de Duas Sombras




Recomendar livro a um amigo
Temas: Romance

Sinopse:

«Em O homem de duas sombras não é o símile exactamente com a estrutura sintáctica da epopeia que encontramos, mas uma forma de metáfora que, longe de ser já vista e estafada, de facto ilumina e imprime significado a cada momento em que ocorre nesta narrativa que denuncia bem a agilidade do autor na sua arte. Além de nova em si mesma e portanto expressão de uma voz, ela contribui para a formação gradual do que eu consideraria um estilo que está longe de se confundir com um modo de adjectivação passível de ser encontrado em diferentes épocas com um aspecto desusado, por vezes ridículo e isento de real significado. Nada disto. Na novela de José Manuel Batista, nenhuma metáfora é casual e cada uma contribui para ir imprimindo um ritmo novo a esta narrativa. Em pleno século XXI, com a história de um homem bem marcado por tudo quanto se formou no século imediatamente precedente e está impresso no seu espírito escurecido e esgaçado – o de uma figura que a todo o momento parece saída do Inferno, de onde todavia nunca fica claro se chega a sair –, este escritor, porventura de modo inesperado para um enredo entretecido numa tela sombria e contado num tempo tão distanciado da epopeia, com eficácia e harmonioso funcionamento, traz para o tecido do seu texto, metamorfoseado (e muito bem disfarçado!), um aspecto da modalidade discursiva da epopeia, onde a metáfora, frequentemente sob a forma do símile, dá à narrativa um certo ritmo de demora e realmente significa.» [MARIA MAFALDA VIANA] ********************************************************* «Levantou-se um vento frio. O tom dourado das folhas das árvores começa a ganhar finos veios vermelhos, semelhantes a cabeleiras pintadas. Casais de namorados passeiam abraçados. A natureza renova-se a cada instante. Assim deveria ser a natureza dos homens. ¶ Como naquele dia distante no Bel Ami, sei que também agora a decisão é irreversível».

Índice:

* * * * *


AUTOR:

JOSÉ MANUEL BATISTA nasceu em Penamacor em 1953. Frequentou o curso de Lettres Modernes na Universidade Paris IV-Sorbonne, que veio a completar na FCSH da Universidade Nova de Lisboa. Reside em Vila Velha de Ródão onde terminou a sua carreira de professor. Foi-lhe atribuída uma menção honrosa no VIII Concurso Literário do SPRC (2010) pelo seu conto «O Poema» e o primeiro lugar no IX Concurso (2012) pelo conto «A Escolha». O texto «O Guardião» foi publicado pela editora Alma Azul. Em 2016, as Edições Colibri publicaram o seu livro de contos «O Elogio dos Últimos» e, em 2022, o Município de Vila Velha de Ródão publicou «Joana não Vem», peça de teatro escrita no âmbito do projeto «Vidas e Memórias de uma Comunidade» da sua Biblioteca Municipal.

Detalhes:

Ano: 2023
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 184
Formato: 20x13
ISBN: 9789895662845
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
28/04/2024
LORIGA – CONTRIBUTO PARA UM PLANO DE INTERVENÇÃO TURÍSTICA, da autoria de Horácio M. M. de Brito
LANAMENTO: 28 de abril (dom.), às 15H00, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Loriga. Apresentação: Dr Rogério Figueiredo (Prof. do Ens. Secundário) e Prof.ª Doutora Manuela Mendonça (Presidente da Academia Portuguesa da História)

15/04/2024
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA OS ARQUIVOS, da autoria de Maria Perdigão
LANÇAMENTO: dia 15 de Abril 2024 (2.ª feira), às 18h30, Sala C134.A, na Faculdade de Letras de Lisboa, em Lisboa. Apresentação: Carlos Guardado da Silva

13/04/2024
VENHO DE LÁ – ESTÓRIAS E MEMÓRIAS DE MARVÃO, da autoria de Natália Batista
APRESENTAÇÃO: 13 de Abril de 2024 (sábado) às 15h30, no Auditório Municipal Maestro César Batalha, em Oeiras. Apresentação: Luís Osório (Escritor e Jornalista)

12/04/2024
CAPITÃES DE ABRIL – A CONSPIRAÇÃO E O GOLPE
LANÇAMENTO: dia 12 de abril 2024 (6.ª feira), às 18h30, na Gare Marítima de Alcântara (Doca de Alcântara - Estação Marítima), em Lisboa. Apresentação: Rodrigo Sousa e Castro

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 “Chamadas para a rede fixa nacional (PT), de acordo com o tarifário do utilizador” ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]