Crime & Patologias Raras




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Luís Joyce-Moniz
Colecção: Thriller/Crime

Sinopse:

Nesta realidade, na qual as aulas de universidade e provas académicas são transmitidas em direto por canais de televisão concorrentes, movimentam-se três professores de psicopatologia. ¶ Saint-Yves é o anfitrião de um show popular consagrado aos distúrbios raros da psicopatologia, como a síndrome de Cotard: os pacientes acreditam que estão mortos, convertidos em cadáveres andantes. ¶ Igora Tong e colegas formam a última geração do extinto instituto de parapsicologia, na qual ensinavam clarividência, telepatia e afins. Aceita colaborar com Saint-Yves no estudo de uma paciente, que se serve da levitação como veículo para atingir a bilocalização (ver-se em dois lados simultaneamente). Mas a paciente é assassinada e Saint-Yves, instituído suspeito, procura denunciar o verdadeiro assassino, um artista plástico argentino. Conta com a cumplicidade de Igora, por sua vez acusada de tentativa de homicídio de Zel Toulec. ¶ Toulec é especialista de discinesias ou movimentos incontroláveis, e tem vindo a observar um caso raro de gestos discinéticos, que conta apresentar no concurso para professor associado. Para surpresa dos examinadores, afirma depois que o paciente é um transmissor de uma linguagem gestual pré-hispânica dos Andes argentinos. O júri pede-lhe mais provas da existência desses presumíveis transmissores. ¶ Em shows televisivos, hospitais, aviões, sessões de parapsicologia, espaços de tortura, interrogatórios e perseguições policiais, os três envolvem-se em conflitos e crimes, nesta comédia thriller de perdedores onde a racionalidade tropeça na transcendência e na derisão. Na parte final, Toulec viaja para o noroeste argentino, encontra xamãs, mas não transmissores, e perde-se na aridez colorida das montanhas andinas. Saint-Yves persegue em Buenos Aires o presumível assassino, e perde-se nas incógnitas do cemitério da Recoleta e do tango queer. Igora procura Saint-Yves em Buenos Aires, deixa-se envolver numa experiência de autoscopia (Out-of- the-Body Experience), e perde-se no outro lado do espelho do dispositivo bilocalizador. ********************************************************** Outros thrillers de comédia do autor: In&Out (Relógio de Água,1998), O Corpo Conversivo (Relógio de Água, 2000), A Psicologia Não Existe (Quarteto, 2002), Dualistas: o hipnotista Abade Faria e o enigma da descorporização em vida (Colibri, 2013), Crime & Patologias de Autossugestão (Colibri, 2023). ¶¶ Principais obras cujas ideias e estudos estão subjacentes a estes thrillers: Psicopatologia do Desenvolvimento (McGraw-Hill, 2000), Hipnose, Meditação, Relaxamento, Dramatização (Porto Editora, 2010)

Índice:

* * * * *


AUTOR:

LUÍS JOYCE-MONIZ, nascido em 1945, é professor catedrático aposentado de psicoterapia e psicologia da saúde da Universidade de Lisboa. Licenciou-se na Universidade de Genebra, e doutorou-se na Universidade da Califórnia em Santa Barbara, onde também leccionou. Entre os seus trabalhos contam-se a Modificação do Comportamento (Ed. Horizonte, 5ª ed, 2005), a Psicopatologia do Desenvolvimento (Ed. McGrawHill, 2ª, 2000), a Psicologia da Doença para Cuidados de Saúde (Asa, 2005) e Hipnose, Meditação, Relaxamento, Dramatização (Porto Editora, 2010). No domínio do thriller ou policial psicopatológico publicou a trilogia In&Out (Relógio d’Água, 1998), O Corpo Conversivo (Relógio d’Água, 2000) e A Psicologia Não Existe (Quarteto, 2002).

Detalhes:

Ano: 2023
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 188
Formato: 23x16
ISBN: 9789895662883
Outros livros da colecção
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
16/03/2024
AI, ALENTEJO… – Memórias Rurais, da Autoria de Abílio Maroto Amiguinho
APRESENTAÇÃO: Dia 16 de Março de 2023 (sábado), às 16h00, na Sede da Junta de Freguesia de Santa Eulália (Elvas). Apresentação: Dr.ª Ana Maria Maroto

01/03/2024
MEMÓRIAS DE UM COMBATENTE, ANTES E DEPOIS DO 25 DE ABRIL DE 1974, da autoria de João Pedro Quintela Leitão
LANÇAMENTO: 1 de Março de 2024 (6.ª feira) 17h00, no Caslisboa, em Lisboa. Apresentação: Dr. Bruno Miguel Galeano Quintela Leitão e Dr. Pedro Eugénio Galeano Quintela

28/02/2024
OS JUDEUS MARROQUINOS DE CABO VERDE – SÉCULO XIX (2.ª ed.), com coordenação e organização de Carol Castiel
APRESENTAÇÃO: dia 28 de fevereiro de 2024 (4.ª feira), às 18h30, na Associação Caboverdeana, em Lisboa

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 “Chamadas para a rede fixa nacional (PT), de acordo com o tarifário do utilizador” ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]