António dos olhos tristes + Um girassol chamado Beatriz




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Eduardo Olímpio
Temas: Novela, Literatura

Sinopse:

Eduardo Olímpio é uma espécie de representante de uma tribo ameaçada – os alentejanos, enquanto produtores e defensores de patrimónios e tradições postos em causa. ¶ Quantas oliveiras e sobreiros milenares foram arrancados dos nossos campos, desfigurando a paisagem? ¶ Onde, a diversidade biológica, das ervas e flores aos insectos, que irrompiam pela Primavera entre árvores? ************************************************************ “António dos Olhos Tristes” e “Um Girassol Chamado Beatriz”, ao nível de “A Maravilhosa Viagem de Nils Holgerson Através da Suécia” da Nobel Selma Lagerlöf são textos encantatórios, de um imaginário marcante que dignifica a caminhada humana, com uma atmosfera poética que eterniza o autor e o seu olhar criativo. [LUÍS FILIPE MAÇARICO] ************************************************************ Vou baptizar o meu girassol tão lindo, tão lindo com o nome de Beatriz. Que Beatriz era o nome da minha vizinha tão boa. Quando eu lhe disse que o meu girassol se chamava Beatriz como o nome dela ela agarrou-se a mim a chorar e apertou-me tanto nos seus braços que eu ainda hoje não sei se fiz mal se fiz bem...

Índice:

Os anos

Aos 2 anos
Aos 3 anos
aos 4 anos
aos 5 anos
aos 6 anos
aos 7 anos
8 anos
9 anos
10 anos


Belas, ou não

Um girassol chamado Beatriz
Todos os anos
Póli-Maluco
As pessoas de quem eu gosto
O Bilha era o guarda-redes
Quando eu vi o mar
Levávamos uma palhinha
Nâna
O Tonica
O Faca-Velha
Do Zé Reviras
Ter fome
Quando minha mãe enlouqueceu
Histórias de pessoas grandes
Bom dia!
Chica Raminhos, olá, olaré
António Montes Gatinho
Um destes dias
Era um Abril frio
Dia sem cor
Erguia-se madrugada adentro
Custa-me vê-los
Daquele longe-longe
Com o teu retrato
Os homens
Olha, Mila
É o meu velho café
Após ter-me formado
No banco da frente
Não é minha intenção
Aqui, na minha rua
Acabou o napalm
Os poetas
Todas as manhãs
Estão sempre
Para além das lágrimas
O homem
Se eu não fosse português
Hoje trago no bolso
A meio do dia
Nunca escrevas amor de madrugada
Um dia
O menino
Longe
Já veio uma andorinha
De repente eu disse
As pessoas felizes
Foi ali
A menina da carreira de Manique
25 de Abril
Não descanses agora
Este Eduardo


* * * * *


AUTOR:

EDUARDO OLÍMPIO Estulano Espada - nasceu em Alvalade do Sado a 24 de Janeiro de 1933. Depois de um longo período de "experimentador de profissões", de onde se destacam as de caixeiro, jogador de futebol, segurança, rececionista, livreiro, tradutor e editor, dedica-se à escrita a tempo inteiro, sendo autor de romances, crónicas, poesia, literatura infantil e letras para cantigas.

Detalhes:

Ano: 2023
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 132
Formato: 21x14
ISBN: 9789895663019
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
16/03/2024
AI, ALENTEJO… – Memórias Rurais, da Autoria de Abílio Maroto Amiguinho
APRESENTAÇÃO: Dia 16 de Março de 2023 (sábado), às 16h00, na Sede da Junta de Freguesia de Santa Eulália (Elvas). Apresentação: Dr.ª Ana Maria Maroto

01/03/2024
MEMÓRIAS DE UM COMBATENTE, ANTES E DEPOIS DO 25 DE ABRIL DE 1974, da autoria de João Pedro Quintela Leitão
LANÇAMENTO: 1 de Março de 2024 (6.ª feira) 17h00, no Caslisboa, em Lisboa. Apresentação: Dr. Bruno Miguel Galeano Quintela Leitão e Dr. Pedro Eugénio Galeano Quintela

28/02/2024
OS JUDEUS MARROQUINOS DE CABO VERDE – SÉCULO XIX (2.ª ed.), com coordenação e organização de Carol Castiel
APRESENTAÇÃO: dia 28 de fevereiro de 2024 (4.ª feira), às 18h30, na Associação Caboverdeana, em Lisboa

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 “Chamadas para a rede fixa nacional (PT), de acordo com o tarifário do utilizador” ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]