Contar o Caminho de Santiago

Literatura, discurso(s) e efeitos sociais na comunidade local




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Este é um livro sobre como as narrativas incidem na movimentação massiva de pessoas e as suas práticas. ¶ Aborda, concretamente, o Caminho de Santiago e a Comunidade local de Compostela como objeto, mostrando, de maneira mais alargada, teórica e aplicada, como os discursos incidem nas pessoas e nas suas práticas, nos campos culturais em que funcionam, nos modos de compreender, imaginar e intervir. ¶ Não é ter mais ou menos estudos académicos, não é mesmo ter mais ou menos dinheiro o que, em si, determina um consumo noutro lugar, o uso dos seus espaços, o seu respeito, a sua relação (ou não, tantas vezes!) por e com a comunidade local. É a ideia prévia com que se viaja. ¶ Por isso, neste livro irão encontrar não perífrases mas análises; e explicações, mais do que interpretações situadas na esfera de opinião sobre produtos culturais. Um livro que consideramos relevante nos resultados e útil no entendimento que deles se deriva, sustentado no rigor teórico e na aplicação metodológica que procuramos. ********************************************************* Esta é uma seleta da análise das narrativas e das homologias com práticas culturais do projeto “Narrativas, usos e consumos de visitantes como aliados ou ameaças para o bem-estar da comunidade local: o caso de Santiago de Compostela” focada nessa comunidade, nas comunidades visitantes, e nas suas relações. Os âmbitos galego, português, brasileiro e espanhol constituem o universo de estudo: o da comunidade local e nacional que compartilha espaço social com Compostela; o do que, nos inícios do projeto era o estado europeu de onde mais visitantes chegavam a Compostela e onde o Caminho mais tem crescido em termos relativos; Brasil, origem do conjunto extraeuropeu mais numeroso; e o estado espanhol, procedência da maior parte de visitantes à cidade e de praticantes do Caminho. ********************************************************* Este livro é produto do trabalho de investigadoras e investigadores de diversas disciplinas: linguística, economia, ecologia, estudos audiovisuais, estudos da literatura..., investigações na cultura de profissionais de várias universidades: da Corunha, do Minho, da Internacional de la Rioja, UniRitter, de Santiago de Compostela, que fazem parte da que denominamos Rede Galabra (redegalabra.org), espalhada por essas e outros centros de ensino e pesquisa, entre os quais a Federal de Goiás e o Instituto Superior de Educação de Luanda onde, como no caso das Universidades do Minho e da de Santiago de Compostela, existem, mesmo, Grupos GALABRA (de estudo dos sistemas culturais GAlego, Luso, Africano e BRAsileiro).

Índice:

É o discurso!

Introdução


1. Confusa realidade: processos de ressemantização, mediatização,
banalização e misturação de géneros em produtos culturais sobre
o Caminho de Santiago

Uma atmosfera apoiante: O Diário de um Mago e outros best-sellers
de linhas parecidas no contexto geopolítico mundial

Contraste entre interesses culturais e âmbitos recetivos em dois
romances sobre o Caminho de Santiago: Frechas de Ouro e O Enigma
de Compostela

Referências bibliográficas


2. Narrativas, efeitos e homologias nas práticas culturais: O Diário de um Mago e efeitos além do campo literário

Efeitos da obra e da trajetória de Paulo Coelho como fabricador de ideias.
Configuração das visões sobre espaços e grupos geoculturais

Um exemplo de banalização e ressemantização através da distribuição de uma ideia

Uma nova narrativa sobre Santiago

Algumas reflexões finais sobre literatura, comunidades e turismo.
A literaturização. Um programa de análise de comunidades

Referências bibliográficas


3. Impacto dos discursos literários nas práticas e consumos culturais ligados aos Caminhos de Santiago: de Paulo Coelho aos souvenirs de cavaleiros templários

Introdução

Primeiras achegas à presença templária em Santiago de Compostela

O discurso de Coelho em relação com os Templários e os seus impactos no Caminho de Santiago

O impacto de Coelho nos discursos literários brasileiros sobre
o Caminho de Santiago

O impacto de Coelho nas práticas ligadas ao Caminho

A Idade Média e os Templários como repertórios globalizados

Conclusões

Referências bibliográficas


4. Imagens e práticas culturais brasileiras relativas a Santiago
de Compostela através de textos ficcionais e depoimentos
de visitantes, no século XXI

Introdução

Procedimento teórico-metododológico e corpus

Referências bibliográficas


5. Consumos literários, práticas culturais e habitus: o paradoxo
de Paulo Coelho e o Caminho de Santiago

Introdução

O estudo de caso

O perfil

Os consumos culturais expressados

As narrativas peregrinas frente à narrativa de Paulo Coelho

Caminho de Santiago, caminhada e classe social

Conclusões

Referências bibliográficas


6. Dois produtos e um destino: The Way (2010), O Diário de um Mago (1987) e a imagem da Galiza como destino

Introdução

Revisão da literatura e formulação de hipóteses

Galiza, Santiago e o Caminho de Santiago no cinema e na literatura: The Way (2010) e O Diário de um Mago (1987)

Metodologia

Análise e resultados

Brasil vs. Espanha

Brasil vs. Portugal

Discussão, conclusões, implicações e propostas para futuras pesquisas

Referências bibliográficas


7. Textos ficcionais e práticas culturais de portugueses com relação a Santiago de Compostela: contrastes e homologias

Introdução

Corpus ficcional português

Corpus de inquéritos a visitantes portugueses

Discussão

Referências bibliográficas


8. Análise multimodal de dois sítios web oficiais turísticos em torno da cidade de Santiago de Compostela

Introdução

O discurso dos sítios web turísticos

A análise multimodal de sítios web e os seus significados

Metodologia

Análise

Estrutura e conteúdo da página principal

Imagens e texto

Navegação

Metadados do sítio web

TURGALICIA

Contexto comunicativo do sítio web

Estrutura e conteúdo da página inicial

Imagens e texto

Navegação

Metadados do sítio web

Conclusões

Referências bibliográficas


9. Métodos não-supervisionados de clustering para análise de textos literários: seleção de materiais sobre grandes volumes de corpus

Análise de frequências: programas Lexos e Stylo

Método de compressão. Programa CompLearn

Balanço e síntese conclusiva

Referências Bibliográficas


10. Análise lexicométrica: algumas técnicas aplicadas a entrevistas a visitantes de Santiago de Compostela

Introdução

Antecedentes

Método

Corpus

Algumas técnicas de análise

Etiquetagem morfossintática, frequência de palavras e lematização

Extração de palavras-chave

Extração de termos multipalavra

Identificação e classificação de entidades nomeadas

Extração de relações (triplos)

Conclusões

Referências Bibliográficas


11. Nomes de lugares e práticas culturais através de classificação de discursos. etiquetagem de entrevistas a visitantes a Santiago de Compostela

Introdução

Corpus

Ferramentas

LinguaKit

LinguaKit-gastro

Análise lexicométrica dos textos

Referências geográficas e espaciais na linguagem dos homens
e das mulheres

Referências geográficas segundo a procedência geocultural

Referências geográficas usadas pelas pessoas que visitaram a cidade autoidentificadas, ou não, como sendo peregrinas

Referências geográficas usadas na primeira visita e nas visitas
posteriores

Conclusão

Referências

Detalhes:

Ano: 2022
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 300
Formato: 23x16
ISBN: 9789895662388
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/01/2023
Nos 100 anos de EUGÉNIO DE ANDRADE
Três OBRAS sobre O POETA, nascido no Fundão em 19 de janeiro de 1923 e que nos deixou em 13 de junho de 2005 "O Marulhar de Versos Antigos – A Intertextualidade em Eugénio de Andrade", da autoria de João de Mancelos "Uma Canção no Vento – A Poesia de Eugénio de Andrade", da autoria de João de Mancelos "Noite e Dia da Mesma Luz – Aspectos da poesia de Eugénio de Andrade", da autoria de Federico Bertolazzi

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]