Bola de Trapos

Crónicas desportivas do Baixo Alentejo – 1904 a 2022




Recomendar livro a um amigo
Autoria: José Saúde

Sinopse:

Escrevo generosidade para sublinhar a nobreza da vontade do José Saúde em partilhar connosco muitas e muitas das pequenas histórias que fazem a grande história do desporto regional, perpetuando-as, depois de as resgatar do baú do esquecimento. Sem esta “Bola de trapos”, quem é que se lembraria, por exemplo, da mudança de sede do Luso de Beja para o “antigo casino da Vista Alegre” na Rua do Sembrano, ou da fundação do Aldenovense Foot-Ball Clube, há coisa de 100 anos, por “um grupo de rapazes, todos estudantes e comandados por José Morais Louro”? (...) ¶ Além de generosidade e de abnegação, sublinhei também a paixão com que o José Saúde escreveu o conjunto destas crónicas. É que o autor não veste o fato cinzento de historiador, não nos deixa apenas um relato científico, distante, conceptualizado sobre as temáticas que aborda, o que já não seria pouco. Em muitos destes textos, fala-nos sobre as suas próprias vivências, os amigos, as recordações da infância ou da adolescência pois, conforme escreve, “recordar é viver e nós lá vamos refrescando fantasias onde se escondem encantadoras histórias que tendem a cair no limbo do esquecimento”. ¶¶ [LUÍS GODINHO, ex-director do Diário do Alentejo]

Índice:

Prefácio

Memórias desportivas
A bola de trapos
A ebulição do futebol
A Floresta
A formação
A fraude
A rua
A sede
A tática no futebol
A verdade
Abril e o desporto
Abril desportivo
Adeus à AF Beja
Aldenovense, estreia internacional
Agatão
“Alentejana”
Alerta
Alma alentejana
Amizade
Ana Cabecinha
Andebol
Andebol em Serpa
António dos Anjos
O apanha bolas
Apitar
Aplausos
Apolinário
Aprendendo sempre
Árbitros de hóquei em patins
Arautos
Artes marciais
Ascensão e queda
Associação de Futebol de Beja
APA
Atas
Até logo, Dr. Nana!
Até logo, João!
Até logo, Manel!
Até logo, Oca!
Até sempre, amigo!
Até sempre, mister!
Audácia
Automóveis antigos
BTT “Ferróbico”
Baiôa
Bairros e lugares de Beja
Barrancos
“Beja Merece”
“Back Lourinho”
Beja Cup
Benvinda e o Desportivo
Beringelense
Bilhetes? Só na candonga!
BNS Conceição
Beja e a columbofilia
Biografias
Boom
Bruno Colaço
Caetano
Caixinha
Caminhadas
Cano Brito
Canoagem
Caramba
Carlos Aleixo
Carol
Castrense o vencedor da Taça
Catarina Bicho
Chico Fernandes
Chicos
Ciclismo
Clã Penas
Clãs
Clube Patinagem de Beja
Columbofilia
Coureles
Crianças
Crianças e a sua jovialidade
Cuba
Cuba e o ciclismo em 1904
Custo zero
C.P. Beja: seniores que futuro?
Decisões
Defeso
Delmiro Palma, até logo!
Dérbi
Desistir
Despertar
Despertar e a hegemonia do futebol juvenil
Desportivamente
Desportivamente: as SAD’s
Desportivamente: a “nação” bejense
Desportivamente: as SAD’s e os empresários
Diogo Requeijão
Dionísio, até sempre!
Donos das balizas
Desporto adaptado
Era uma vez…
Escola
Estádio municipal: Que futuro?
Eternas memórias
Ex-libris
Federação de Foot-Ball Mourense
Fernando Mamede, o recordista
“Ferróbico”
Filipe
Força, Atlético Aldenovense!
FC Castrense
FC Serpa
“Ferróbico”
Formoso
Futebol de rua
Futebol de praia
Futebol feminino
Futsal
GDC Baronia
Gala da AF Beja
Gémeos Aurélio
Gémeos Aurélio no Nacional
Gémeos Rações
Génese desportiva
Grupo Sportivo Bejense
Hilton, o “mínimo”
História de Aldenovense
História do Castrense
História da bola
Histórias do mundo da bola
Histórias do Piense
Homenagem a António dos Anjos
Horta
Ildo, até sempre!
Ilídio do Rosário
Imagens
Imbróglio
Inácio Paixão
Inatel
Incógnita
Irene Palma
João Madeira
João Rosa
Joaquim Madeira
Justino Baião
Jaime Vieira
Juan descansa em paz, amigo!
“Lágrima ao canto do olho”
Líderes do Despertar
Lança
Legados desportivos
Lenda e realidade
Linguagem obscena
Liso
Luís Monteiro
Luso de Beja
Luso Serpense
Manero
Manuel da Benta
Manuel Braz
Manuel Maria
Manuel Baião
Manuel Damião
Manuel Ferreira
Manuel Trincalhetas
Marcelino, o velho capitão
Marinho Ameixa
Mário Alves
Mário Elias
Mário Godinho
Marta Nunes, na patinagem mundial
Mateus Pereira
“Meia-Laranja”
“Meia laranja”
Memórias
Memórias da AF Beja
Memórias de Francisco Véstias
Memórias de lugares
Mértola
Metáforas desportivas
Milfontes
Mina e a sua praia fluvial
Mina de São Domingos
Mineiro Aljustrelense
Mineiro Aljustrelense
Mineiro Aljustrelense
Monge da Silva
Morreu o Casaca, um senhor do atletismo
Morreu Filipe Venâncio
Morreu Rui Madeira
Morreu o velho capitão
Moura e a sua evolução desportiva
Mósca
Motards
Na tribuna
Neca
No caminho das estrelas
“Nói” Alves
“Nói” Madeira
Núcleo Sportinguista de Beja
O “31 de Janeiro”
O clã Madeira
O Cortiço
O Cortiço e as contas do Maragato
O estádio
O finar das velhas tradições
O futebol de rua
O histórico Despertar
O homem das castanhas e o futebol
O homem e a bicicleta
O jogo da bola
O mágico futebol
O menino da bola
O mestre Zé
O regresso do filho pródigo
O “tio” Firmino
O senhor Silva
O universo da bola
O universo das crianças
O velhinho “Rasga”
Obviamente, hóquei
Odemira
Ódios tribais
Outros tempos
O futebol 7 feminino
O óbvio
O “tio” Barriga
Os “Gatos”
Osvaldinho
Ourique
Pacheco
Panóias
Partida de um amigo
Paulo Paixão
Passado e presente
Pax Júlia
Pé descalço
Pedalando
Penedo Gordo
Penedo Gordo, campeão
Pedro Caixinha
Pedro Caixinha, campeão no México
Pepe
Pingue-pongue
Pítico, um exemplo!
Pombos-correios
Pombos-correios
Prata para o CN Mértola
Professor Fonseca
Promiscuidade
Quim
Quinito
Quinito e o golo ao Atlético
Rainha do arrabalde
Raul Lampreia
Reproduções desportivas
Recordando João Magalhães~
Recordando Melo Garrido
Recordando João Galrito
Reencontro com a saudade
Regras
Regresso
Remodelar
Rolim
Rosa Santos
Rugby
SC Odemirense
Saudade
Sedes
Serpa
Sonhos
Sonhos
Sonhos de crianças
Sonhos desportivos
Sporting de Cuba
Sporting Ferreirense
Taça
Taça
Tadeu, até logo companheiro!
Teias
Tempo para andar
Teixeira
Teixeira Correia
Tiago Dionísio
Tiago Targino
“Tigres” da rotunda
“Tigres” da rotunda
“Tigres” da rotunda
“Tio” João Salgado
Tita Sanina
Torpes
Tradições
Um jogo de hóquei
Yashin
Vasco da Gama
Vasco da Gama, campeão!
Vaz Lança
Veiga Trigo
Vergonha
Vítor Madeira
Vladimiro, até sempre!
Vila Nova
Xico Pratas
Xico Pratas, até sempre!
Zambujeira do Mar
Zé Castilho, até sempre amigo!
Zé Amaro
Zé António
Zé Coelho
Zé Costa
Zé Romão
Zeca Pereira
Zezé
Zezinho
Zona Azul
Zona Azul
Zona Azul
“Zunzuns das Portas de Mértola”
27.ª Gala dos Campeões
90 Primaveras
AF Beja recebeu o Torneio Lopes da Silva
Filipe Costa
Mulheres na arbitragem

Agradecimento



* * * * *



AUTOR:

JOSÉ SAÚDE nasceu em Aldeia Nova de São Bento no dia 23 de novembro de 1950. Ainda muito jovem, e sem nunca renegar as suas origens, fez da cidade de Beja a sua terra de adoção. Na velha Pax Júlia concluiu o Curso Geral de Comércio, ainda que pelo meio tivesse ficado uma passagem pela Escola Comercial Veiga Beirão, em Lisboa. Mais tarde completou o 12.º Ano na Escola Diogo Gouveia, antigo Liceu de Beja.
Desportivamente, iniciou a sua carreira futebolística no Despertar Sporting Clube e aos 16 anos ingressou no Sporting Clube de Portugal, tendo também registado uma passagem pelo Sport Lisboa e Benfica. Depois, e já como sénior, representou o Desportivo de Beja e o FC Serpa. Em 1975 foi um dos grandes impulsionadores do reaparecimento do futebol de competição na Aldeia Nova de São Bento ao reativar a atividade no Clube Atlético Aldenovense.
O jornalismo foi sempre uma das suas grandes paixões. Em 1985 iniciou a sua carreira como jornalista no jornal desportivo bejense "O Ás". Desde aí colaborou com inúmeros órgãos de comunicação e em 2006 estreou-se na TV Beja (televisão por internet), sendo responsável pela área desportiva. Em agosto de 2008 integrou o Departamento Desportivo do Diário do Alentejo, órgão no qual se mantém.
Em maio de 2009 foi galardoado pela Câmara Municipal de Beja com o Diploma de Medalhas e Insígnias Municipais – Mérito Grau "Prata" –, sendo que em junho de 2015 foi distinguido com o Diploma de Sócio Honorário da Associação de Futebol de Beja.
Entre as suas publicações destacam-se: Glórias do Passado – volumes I, 1999, e II, 2006 – relatando a evolução do futebol no século XX na Associação de Futebol de Beja; Associação de Futebol de Beja, 90 Anos de Memórias e Relatos – 2015 ; Aldenovense Foot-Ball Club ao Clube Atlético Aldenovense – 2015 ; AVC Recuperação do Guerreiro da Liberdade – 2017; Um Ranger na Guerra Colonial, Guiné-Bissau, 1973-1974, memórias de Gabu – 2019; Aldeia Nova de São Bento, Memórias Estórias e Gentes (2.ª Edição) – 2022

Detalhes:

Ano: 2022
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 408
Formato: 24x17
ISBN: 9789895662302
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
03/12/2022
MUNDO(S) – Livro 20, coord. Ângelo Rodrigues, e DO PRINCÍPIO E DO FIM, da autoria de Ângelo Rodrigues
LANÇAMENTO: dia 3 de Dezembro (sábado), na SNBA, em Lisboa

03/12/2022
GENTE DA NOSSA TERRA, da autoria de Francisca Lopes Bicho
LANÇAMENTO: 3 de dezembro (sáb.), às 16h00, na Casa Fialho de Almeida, em Cuba

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]