Celebrar a Vida

Fragmentos de uma quase autobiografia




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Celebrar a Vida é uma obra que procura fazer uma abordagem às vivências da autora, nas suas múltiplas variedades, influenciadas por dois eixos principais: geográfico (espaço) e fluir do tempo. ¶ Os dois eixos são percebidos em paralelo ou até sobrepostos, uma vez que ambos habitam em simultâneo na autora, criando emoções típicas, mas independentes, em conformidade com as suas responsabilidades naturais (Natureza), geradores de um mar de sentimentos. ¶ O eixo geográfico foi sustentado por uma dinâmica regular e linear, uma vez que os espaços, regiões, percorridos foram sempre povoados por gaivotas e pescadores agricultores ou agricultores pescadores, sempre num convívio amigo e fraternal, isto é, em espaços ribeirinhos. ¶ O eixo temporalidade explica o olhar terno e perspicaz de uma criança, o entrelaçar de sonhos e desejos com coreografias múltiplas, mas sempre coloridas de um verde de esperança, tudo muito bem arrumado na sacola de uma menina adolescente, que freneticamente procura o seu lugar no palco da juventude, que demora a chegar. ¶ Finalmente, a juventude, fase decisiva da vida, delineada em geometria triangular: família, curso e sãs amizades. ¶ Neste sucedâneo de frações vivenciais, eis que é alcançado o último patamar da vida: esposa, mãe, avó e atividade profissional, a plena realização!

Índice:

NOTA EXPLICATIVA

PRÓLOGO: DA MINHA VARANDA
Ao amanhecer
Ao entardecer
Da minha varanda, a sós com a Natureza
Das Artes
O ciclo da “pada”

CAP. I – A MINHA INFÂNCIA
A minha infância
E de súbito, eis que surge a “Vista Alegre”
Histórias de menina
Sorte e destino
Costa Nova – Ílhavo
A televisão
Memorial de inquietude

CAP. II – FASCÍNIO DO MAR
Festa do Senhor Jesus dos Navegantes
Arte xávega
As salinas
Pesca do bacalhau
Seca do bacalhau

CAP. III – A LONGA APRENDIZAGEM DA VIDA
A minha Escola Primária
Escola Secundária
Magistério Primário

CAP. IV – ATIVIDADE DOCENTE
A difícil (e pouco reconhecida) atividade docente

CAP. V – MEMÓRIA DOS AFETOS
Memória de um Abril de cravos
Ser (ou não ser) avós
A luminosa ética de família
No dealbar de uma vida: o nascimento de Ema
Mãe
Labradora – Olívia

EPÍLOGO


* * * * *


AUTORA:

Rosa Natália de Oliveira Faria Fernandes nasceu em Ílhavo.
Frequentou o curso de formação feminina na escola Industrial e Comercial de Aveiro e seguidamente, ingressou e concluiu o curso, na Escola do Magistério Primário desta cidade.
Entre 1965 e 1998 foi docente em várias escolas dos distritos de Aveiro e Setúbal: nomeadamente nos concelhos de Ílhavo, Vagos e Seixal.
Após a aposentação frequentou e concluiu o curso de artes plásticas (pintura), na Sociedade Nacional de Belas Artes em Lisboa, tendo depois participado em inúmeras exposições de pintura, individuais e coletivas.
Lecionou aulas de pintura, na Universidade Sénior do Seixal, UNISSEIXAL, e língua portuguesa e de português “língua não materna“ para estrangeiros na Universidade Intergeracional de Almada, sediada na Charneca de Caparica, ÚNICA.
Publicou artigos em jornais.
É aluna de disciplinas teóricas na UNISSEIXAL.
Continua a usar o seu tempo na esfera cultural, privilegiando as dimensões escrita e leitura.

Detalhes:

Ano: 2022
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 144
Formato: 21x15
ISBN: 9789896899318
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
25/06/2022
ROMANCE DE DOM DINIS EL REY QUE (NOM) FEZ TUDO QUANTO QUIS, da autoria de Natália Constâncio
LANÇAMENTO: 25 de Junho de 2022 (sábado) 15h30, na Igreja do Mosteiro de São Dinis e São Bernardo, em Odivelas. Apresentação: Professora Doutora Annabela Rita (CLEPUL-FLUL)

24/06/2022
CELEBRAR A VIDA, da autoria de Rosa Natália Faria Fernandes
LANÇAMENTO: 24 de Junho de 2022 (6.ª feira), às 17h00, na Casa do Educador do Concelho do Seixal. Apresentação da obra: Professora Amélia Lopes

23/06/2022
DA GUERRA EM ÁFRICA ÀS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS DE PAZ, da autoria do consócio Luís Loureiro Nunes
LANÇAMENTO: 23 de Maio de 2022 (5.ª feira) 18h30, no Clube Militar Naval, em Lisboa. Apresentação: Doutora Maria Luís Figueiredo

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]