Cadernos do Almanaque da Mó

– Cartas, recolha de salmos e poéticas




Recomendar livro a um amigo
Temas: Poesia, Memórias

Sinopse:

As memórias são águas passadas que movem moinhos. ¶ No moinho do avô vivia-se uma azáfama permanente e quem chegava não tinha pressa de partir. ¶ Da tertúlia às trocas, muito havia para contar. Podiam deter-se demoradamente nas imensas inscrições da oficina das mós. Pelas caleiras, delta artificial da levada, as águas cavavam sossegos e os dizeres imemoriais despertavam consciências perdidas. ¶ Tudo o avô preservou. Naturezas e combates, religiões e azedumes, lembranças e desejos. Tudo mensagens afagadas para herança futura. ¶ Enquanto esperavam pelo aferir do cereal trazido ou pela contagem e carregamento das sacas de farinha a sair, gerações de moleiros viajantes contribuíram para o painel vivo do casarão das mós de água. Lá deixaram uma espécie de almanaque mural, que o avô retocou religiosamente à medida que as horas foram dobrando, devido à crescente concorrência das novas indústrias panificadoras. No alívio do trabalho, teve a sábia paciência de reavivar os diversos pareceres que os visitantes desdobraram nos paredões crus ao redor das mós. ¶ A primeira vez que o jovem Prior da freguesia pôde deliciar-se com a enciclopédia exposta, abençoou o sítio e deu a ideia de se guardar mais seguramente tal riqueza. O avô foi adiando e, por fim, após uma enxurrada mais invernosa minar e abalar uma das velhas paredes de adobe, resolveu seguir o conselho clerical, pondo-se à tarefa escrivã. Nos cadernos recolhidos fica a lucidez, talvez esquecida, de uns e os saberes sentidos, mas nunca perdidos, de outros. ¶ Vamos então ler algumas folhas do “almanaque da mó”?. ¶¶¶ [Do Prefácio]

Índice:

ÍNDICE DE CARTAS E SALMOS

carta-prefácio
DE ONDE O ALMANAQUE DOS MUNDOS

caderno da natureza
A SOLUÇÃO DOS SÓIS

Carta da Hora-Mãe
Salmos da Terra

caderno religioso
O CÉU ABERTO E AS PORTAS FECHADAS
Carta Orante
Salmos da Fé

caderno das lembranças
COMO SE ME GUARDASSE
Carta dos Ontens dos Amanhãs
Salmos do Tempo

caderno dos desejos
TUDO O QUE É SEMPRE SE TO DIZ
Carta por Dulcineia
Salmos Perfeitos

carta-epílogo
ESCRITAS POR ESCORAS


POÉTICA DA TERRA

POÉTICA RELIGIOSA

POÉTICA DAS LEMBRANÇAS

POÉTICA DAS GRAÇAS

Detalhes:

Ano: 2022
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 166
Formato: 21x15
ISBN: 9789895661640
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/12/2022
DIÁLOGOS COM A MENTE, da autoria de Maria Ganhão Pereira
LANÇAMENTO: 19 de Dezembro de 2022 (2.ª feira), às 19h00. Hotel PortoBay Liberdade. Apresentação: Pedro Cordeiro (Expresso); Catarina Furtado (RTP)

03/12/2022
GENTE DA NOSSA TERRA, da autoria de Francisca Lopes Bicho
LANÇAMENTO: 3 de dezembro (sáb.), às 16h00, na Casa Fialho de Almeida, em Cuba

03/12/2022
MUNDO(S) – Livro 20, coord. Ângelo Rodrigues, e DO PRINCÍPIO E DO FIM, da autoria de Ângelo Rodrigues
LANÇAMENTO: dia 3 de Dezembro (sábado), na SNBA, em Lisboa

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]