A Crise no Islão

Causas e Consequências do Eclipse do Crescente Fértil




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Este livro centra-se na interrogação sobre como o Islão responderá aos desafios da modernidade, aquilo que Francisco Gomes formula como passar da vitimização inerente à questão ‘Quem é que nos fez isto?’, para dar resposta e tirar consequências de uma outra e mais relevante pergunta, nomeadamente, ‘O que é que os muçulmanos fizeram ao Islão?’. ¶ (...) Os desafios do Islão, na era da interindependência, da globalização e da digitalização em que vivemos, são também desafios nossos, da Europa, do Ocidente. Como lhes responder o mundo islâmico terá impacto mundial e determinará a nossa própria resposta. Razão por que, mais que nunca, importa que cultivemos a ‘aliança de civilizações’ e rechacemos o confronto entre elas. Creio que será sobretudo determinante o que os muçulmanos e muçulmanas fizerem do Islão: Vão expandi-lo como doutrina de tolerância e concórdia ecuménica, respondendo aos desafios do presente? Ou ficarão acorrentados ao passado, remoendo despeito e recriminações? Francisco Gomes propõe-nos entender o que está em jogo para todos nós. ¶¶ [Ana Gomes in Prefácio] ********************************************************** A Crise do Islão’ procura analisar as raízes do declínio civilizacional islâmico e identificar os factores que, no início de um novo século, contribuem para que muitos dos territórios muçulmanos não sejam mais as regiões de luz e de progresso que foram noutras fases da história da humanidade, mas zonas de inquietante obscurantismo, onde predomina um penoso eclipse em matérias de desenvolvimento social, económico, tecnológico, científico, artístico e humano. ¶ Ciente das dificuldades inerentes ao estudo de um tema sensível e com implicações políticas inegáveis, ‘A Crise no Islão’ sugere que os complexos problemas que hoje são confrontados pelo Islamismo estão intimamente associados a aspectos como o estado do desenvolvimento humano e económico, a gestão política interna dos estados, o posicionamento estratégico do Ocidente face aos países muçulmanos, os direitos das mulheres, a qualidade da vida cultural e o relacionamento entre a doutrina e o exercício do poder político. Na visão do autor, Francisco Gomes, uma consideração objectiva e atenta destas dinâmicas pode ajudar a perceber de forma mais coerente o afastamento entre as terras do crescente fértil e as correntes da modernidade, formando uma base mais sólida para que o atraso civilizacional que hoje amarra o Islão possa ser ultrapassado.

Índice:

Prefácio

Introdução – Luzes Adiadas

Capítulo I – As Múltiplas Dimensões do Islão

Capítulo II – Um Doloroso Virar da Página

Capítulo III – As Faces do Declínio
1. Proliferação da Pobreza
2. Estagnação Cultural e ucacional
3. Subjugação da Mulher
4. Deificação da Violência
5. Casamento Entre a Doutrina e o Poder
6. Hipocrisia Ocidental

Conclusão – Ponto Irreversível?


* * * * *


AUTOR:

FRANCISCO Manuel de Freitas GOMES nasceu no Funchal a 18 de Abril de 1980. É doutorado ‘Cum Laude’ em Ciência Política pela Universidade de Cádiz e mestre, na mesma área, pela Universidade de Oxford. Licenciou-se em Ciência Política e em Comunicação Social nas universidades de Denison e de Harvard. O seu currículo inclui passagens pela Empresa de Eletricidade da Madeira, assim como pelo Governo Regional da Madeira. Serviu a Região Autónoma da Madeira como deputado na Assembleia da República e no parlamento regional. É o autor de treze livros e de mais de setecentos artigos de opinião. Presentemente, é comentador, gestor e consultor da área empresarial e política. Vive no Funchal com a sua esposa, Maria do Carmo, e com a filha, Matilde.

Detalhes:

Ano: 2022
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 178
Formato: 23x16
ISBN: 9789895661497
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
07/06/2022
DÓI-ME TUDO, SENHOR DOUTOR!, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 7 de Junho (3.ª feira) às 18h30, na Casa do Alentejo, em Lisboa

01/06/2022
ANGOLA E A INDEPENDÊNCIA, da autoria de António Belo
LANÇAMENTO: 1 de Junho de 2022 (4.ª feira), às 18h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Comandante Jorge Correia Jesuíno

28/05/2022
MUNDO(S) - LIVRO 18 – Coletânea de Poesia Lusófona, com Coord. Literária de Ângelo Rodrigues
LANÇAMENTO online: 28 (sábado) de maio, pelas 16 horas

26/05/2022
DA GUERRA EM ÁFRICA ÀS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS DE PAZ, da autoria do consócio Luís Loureiro Nunes
LANÇAMENTO: 26 de Maio de 2022 (5.ª feira) 18h30, no Clube Militar Naval, em Lisboa. Apresentação: Doutora Maria Luís Figueiredo

23/05/2022
DO SOLIDARIEDADE AO AFEGANISTÃO, da autoria de Carlos Santos Pereira
LANÇAMENTO: dia 23 de Maio (2.ª feira), às 18h00, no Instituto de Defesa Nacional, em Lisboa. Apresentação: Prof.ª Doutora Isabel Ferreira Nunes; Major-General Carlos Branco André Santos Pereira; Dr.ª Manuela Barreto; Dr. André Santos Pereira

22/05/2022
(A)RISCAR EM PÓVOA E MEADAS… a Cores
LANÇAMENTO: 22 de Maio de 2022 (Domingo) 10h30, no Museu Agrícola de Póvoa e Meadas

21/05/2022
MENTIRAS DE CÃES, da autoria de Roberto Robles
LANÇAMENTO: dia 21 de Maio (sábado) às 16h00, na Sala Leocália Boullosa da Xuventude de Galicia, em Lisboa. Apresentação: Dr.ª Maria Luís Figueiredo

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]