ESQUECE

Escrever o Colonialismo em Angola




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Margarida Paredes

Sinopse:

Esquece é uma obra de ficção sobre a colonização portuguesa em Angola, através da biografia de uma “negrinha de criação” que cresceu numa família de brancos de Luanda. As “negrinhas de criação” eram crianças negras que brincavam e cuidavam de meninos brancos da mesma idade. A narradora e a protagonista é uma mulher negra que revisita a sua história de vida no fim do império. ¶ Portugal tem resistido em mudar a memória celebratória que tem do Império, este livro pretende reconfigurar essa memória refletindo e questionando como será a memória africana do império? ¶ Esta obra remete para a complexidade dos processos memoriais sobre a colónia e o Império e subverte qualquer forma de pensamento que o leitor tenha sobre a colonização.

Índice:

* * * * *

AUTORA:

MARGARIDA PAREDES é natural do Penedo da Saudade em Coimbra. Viveu em Angola e Moçambique coloniais, acompanhando os pais. Aderiu ao MPLA em 1973, aos 19 anos, quando estudava na Universidade de Lovaina. Passou por Brazzaville e foi uma das primeiras militantes do partido a chegar a Luanda após o 25 de Abril de 1974. Foi guerrilheira das FAPLA, Forças Armadas Populares de Libertação em Angola. Regressou a Portugal em 1981.
Licenciada em Estudos Africanos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Doutorada em Antropologia pelo ISCTE, Instituto Universitário de Lisboa, foi investigadora e professora convidada da Universidade Federal da Bahia, UFBA em Salvador, Brasil. De regresso a Portugal é Investigadora Independente em Projetos Científicos, nomeadamente sobre Discursos Memorialistas Africanos e a Construção da História, no Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Detalhes:

Ano: 2021
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 118
Formato: 20x14
ISBN: 9789895660414
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
26/10/2021
ARQUEOLOGIA, PATRIMÓNIO E MUSEUS – Meio Século de intervenção Cívica e Cultural, da autoria de Luís Raposo
LANÇAMENTO: dia 26 de outubro (3.ª feira), às 18h30, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Nuno Pacheco (Jornalista)

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

19/03/2018
A Colibri na Rádio Horizonte (92.8)
Clique no menu "Links" para aceder ao canal do Youtube

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99