Solidão do Tempo Esquecido




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Helena Lebre

Sinopse:

Nada é certo, mas provavelmente nunca mais escreverei algo similar passível de ser publicado. Coisa que não me preocupa excessivamente; talvez por isso, desejei que este pequeno livro fosse dado a ler e não tivesse o destino da gaveta onde se amontoam, notas e apontamentos, post-its ou textos que nunca são revisitados. ¶ “(…) Sou velha. Velha como as coisas velhas. ¶ Tão velha que poderia reivindicar, para mim, a própria ideia de velhice. Certamente, nunca o seu ideal. ¶ Envelhecer está sempre preso a uma celeridade assustadora. Tão incontornável quanto a alternativa, a que é, sistemática e se possível, deliberadamente, adiada. ¶ O que diria de mim mesma? ¶ Só isto: sou a mulher que vive no prédio em frente, numa rua qualquer, sem nada de distinto ou inconfundível.” ¶ “(…) Quando aqui chegar perceberá. Eu ficarei à espera do reencontro, desejando ser outra diferente da que agora estou sendo. ¶ Que a minha voz seja distinta; ¶ Que o meu reflexo no espelho seja outro; ¶ Que o meu encontro nunca ocorra e, como uma memória esquecida fique a pairar na solidão do mundo; ¶ Que ela se torne outra de si: esse o meu propósito e o meu desejo (...)” ¶¶¶ Livro escrito a três vozes, onde se narram fragmentos de vidas que se entrelaçam, durante um curto espaço de tempo: Sobre emoções e envelhecimento inevitáveis; Sobre a memória e as memórias construídas; Sobre o sentido e os sentidos procurados; Sobre as escolhas que o acaso proporciona; Sobre as vidas que a Vida tem. Uma história universal pela discrição e banalidade próprias de todas as pequenas histórias do Mundo. ¶ (Uma última curiosidade: foi escrito a partir das canções que acompanham cada capítulo e que, para lá, da evidente importância das letras, não é de desprezar o horizonte musical como elemento da narrativa.)

Índice:

* * * * *


AUTORA:

HELENA LEBRE De Lisboa, nascida em 1959. Licenciada e Doutorada em Filosofia, com várias publicações nesta área, e uma única incursão na Literatura ficcional “O Livro dos Ecos” (2011).

Detalhes:

Ano: 2021
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 118
Formato: 20x14
ISBN: 9789895660698
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/08/2022
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Encerramos para férias entre 1 e 31 de Agosto, por isso não podemos satisfazer quaisquer encomendas neste período. A partir de 1 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto! Para LER também em AGOSTO!

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]