Rosa Coutinho

Prisioneiro na República do Congo




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

O obectivo principal desta obra é dar a conhecer o «relatório da detenção e prisão na república do congo do comandante e três marinheiros do n.h. “carvalho araújo”, de 9 de Agosto a 22 de Novembro de 1961, pelo 1.º Tenente Eng.º Hidr.º António Alva Rosa Coutinho», apresentado ao Chefe do Estado-Maior da Armada um mês após a libertação do seu autor e que até ao presente poucas pessoas terão lido, apesar da memória do incidente que na Marinha se manteve ao longo de todos estes anos. (...) ¶¶ A situação interna no Congo – cuja independência foi oficializada no dia 30 de Junho de 1960, em cerimónia presidida pelo Chefe do Estado da potência colonizadora, o Rei Balduíno da Bélgica, assim como o incidente ocorrido na cerimónia daquele dia, com origem no imprevisto discurso do primeiro-ministro Patrice Lumumba, que prenunciou os tempos conturbados que marcarão a história do Congo desde esse dia até aos dias de hoje, incidente esse seguido pelo motim dos soldados da Force Publique, menos de uma semana depois – será necessariamente abordada com algum pormenor porque aqueles acontecimentos e quase todos os seus protagonistas vão estar soberanamente presentes e condicionar pessoalmente – e de que maneira – o incidente “Rosa Coutinho”. ******************************************************** O ano de 1960 veio a ficar conhecido na História como o “Ano de África”, não só pelo elevado número de colónias que acederam à sua independência política, adquirindo o estatuto de Estados membros da Organização das Nações Unidas, mas, também, pela enorme actividade que se desenvolveu em todo o mundo contra o colonialismo que persistia e, ainda, pelo surgimento e consolidação em África de organismos de coordenação política exclusivos do continente africano.

Índice:

Agradecimentos

Apresentação

LIVRO 1
O INCIDENTE ROSA COUTINHO

1 – ANGOLA MILITAR – 1961
3.ª Região Militar
2.ª Região Aérea
Comando Naval de Angola
Constituição do Comando Naval de Angola
Unidades em Terra
Unidades Navais
A Missão Hidrográfica da Colónia de Angola
A Missão Hidrográfica de Angola e S. Tomé
O N. H. Carvalho Araújo

2 – DIÁRIO DO INCIDENTE
Organização do Capítulo
Incidentes armados no rio Zaire
Contactos bilaterais no âmbito da hidrografia
As instruções do Comando Naval de Angola
Rosa Coutinho prepara a visita a Boma
O Comando Naval discorda da ida a Boma
Desembarque em Boma e aprisionamento
Os Prisioneiros chegam a Léopoldville
Interrogados na Sureté. A Conferência de Imprensa
Nota de imprensa do Ministério da Marinha
Na Prisão Central de Makala
O Embaixador americano em Lisboa promete ajuda
O Chefe da Estação da CIA no Congo de férias em Luanda
Instruções do Estado-Maior da Armada para o Comando Naval
O Embaixador rejeita o apoio oferecido pela Cruz Vermelha Internacional
O Comando Naval ordena evitar incidentes com o Congo
A deserção do marinheiro André Vemba
A Embaixada americana em Léopoldville não se imiscui
O Comando Naval dificulta a navegação congolesa no Zaire
O Congo propõe um acordo comercial
O General Silva Freire coloca o seu lugar à disposição do Governador
Deslandes queixa-se de Rosa Coutinho ao CEMGFA
Morte do Secretário Geral da ONU
O Catanga continua independente
As medidas de endurecimento no rio Zaire e a reacção do Congo
A ONU e o prazo para Portugal acabar com a guerra
Luanda: Cerimónia de armamento de 3 LFP’s
N.R.P. Príncipe origina um protesto oficial do Congo
Os S.V.N. reagem às medidas do Comando Naval
A Marinha demite Rosa Coutinho do Comando
As represálias do Comando Naval começam a ter efeitos
A deserção do Alferes médico e do Cabo
O EMA estuda fazer pressão sobre os congoleses
A PIDE pede informações do Sr. A. P. Simões
A LFP Pollux e a descoordenação entre ministérios congoleses
Falecimento do Comandante Militar de Angola
O dia da libertação aproxima-se
Fim-de-semana na Embaixada: não há papéis para ninguém
Finalmente livres, mas…
O embarque com destino a Luanda
A normalidade volta ao Rio Zaire
Um núcleo de pesquisa de Informação no Congo

3 – O RELATÓRIO ROSA COUTINHO

4 – O RELATÓRIO SIQUEIRA FREIRE

5 – EPÍLOGO
Despacho do CEMA de 25/1/1961
Primeiro-Tenente António Alva Rosa Coutinho
Um encontro imprevisto
Marinheiro António dos Santos Lagarto
Marinheiro Manuel Nicolau Berrincha
Marinheiro André Vemba
O Gasolina do N.H. “Carvalho Araújo”
Retomada a cooperação hidrográfica no Zaire


LIVRO 2
ÁFRICA: OS CAMINHOS DA DESCOLONIZAÇÃO

1 – NAS VÉSPERAS DO “INCIDENTE ROSA COUTINHO”
Os antecedentes
Do Império Britânico
Do Império francês
O Ano de África
E Portugal?
Começa a guerra
Ao fim de treze anos de guerra, o Movimento dos Capitães

2 – O CONGO COLÓNIA BELGA
A Colónia Belga
O ensino no Congo
A Colónia Portuguesa
A estrutura diplomática portuguesa
Refugiados angolanos no Congo
Deslocados em Angola
UPA – União das Populações de Angola
O plano Belga para descolonizar
Bruxelas 1960, uma “Mesa Redonda”
E uma “Lei Fundamental”
As primeiras eleições
A Force Publique
A Prisão Central de Makala
Os Estados Unidos e o Congo nas vésperas da independência

3 – O GOVERNO LUMUMBA
Cerimónia da Independência: o discurso de Lumumba
A impossibilidade de governar um Estado sem Estado
Chega a Léopoldville a nova equipa da CIA
Os soldados congoleses amotinam-se
O Catanga e o Kasai proclamam a secessão
Mobutu
“Informador” “Recrutado” “Agente” “Cooperante”
A ONUC
Os Estados Unidos e a ONUC
Acentua-se o ataque a Lumumba
Visita oficial de Lumumba a Washington
O Grupo de Binza
A CIA e Lumumba
Ofensiva contra o Kasai-Sul
Guerra psicológica e guerra química
Mobutu demite o Primeiro-ministro Lumumba
O diferendo Kasavubu-Lumumba visto por americanos
Lumumba
Lumumba em prisão domiciliária

4 – O COLÉGIO DE COMISSÁRIOS
Mobutu cria o Colégio de Comissários
Salvar a face de Mobutu
Mesmo preso Lumumba mexe
A fuga de Lumumba

5 – GUERRA FRIA, PENTÁGONO e SECESSÕES
Impedir o “domínio soviético da República do Congo”
“Garantir que as bases permaneçam em mãos amigas”
O Departamento de Estado e o Congo
Soviéticos e checos expulsos do Congo
República Livre do Congo
Catanga
A queda do avião do Secretário-geral da ONU

6 – O ASSASSINATO DE PATRICE LUMUMBA
Alternativa: envenenamento ou fuzilamento
PROP – A operação americana para assassinar Lumumba
“Joe de Paris” chega a Léopoldville Uma troika informal no poder
Abater Lumumba: alta prioridade
Barracuda – A operação belga para assassinar Lumumba
Lumumba preso de facto
Lumumba escapa-se de Léopoldville
Lumumba capturado pelo A.N.C.
O fim de Lumumba aproxima-se
Lumumba e os companheiros são assassinados no Catanga
Após o assassinato: Comissão de Investigação da ONU
25 Anos depois, os americanos desclassificam documentos e testemunham
A responsabilidade da Bélgica na morte de Lumumba
2020, o ano do arrependimento da Bélgica

7 – O GOVERNO CYRILLE ADOULA
Informando o Presidente Kennedy
O Congo após a formação do Governo Adoula

ANEXOS
ANEXO 1 – Nota n.º 251/Sécurité, do 2eme Grupoement Q/G/DBF, 15 Juillet 1961
ANEXO 2 – Nota n.º 1102 do Comando Naval de Angola de 29 de Julho de 1961
ANEXO 3 – Carta do Encarregado do Vice-Consulado em Boma para o Cônsul Geral de Portugal em Léopoldville, de 9 de Agosto de 1961
ANEXO 4 – Nota n.º 1233 do Comando Naval de Angola para o Estado--Maior da Armada, de 11 Agosto 1961
ANEXO 5 – Informação n.º 45 do Comando Naval de Angola de 16 Agosto 1961
ANEXO 6 – Note Verbale, MNE Congo, n.º 12/662//61/CAB/AE., 25 Septembre 1961, Nota da Embaixada de Portugal n.º 46, Proc. 17,2, 27 Setembro 1861 e Note Verbale, MNE Congo, n.º 6068, 9 NOV 1961
ANEXO 7 – Telegrama n.º 267, da Embaixada de Portugal em Léopodville, 26 Setembro 1961, para MNE.
ANEXO 8 – Carta do Encarregado do Vice-Consulado em Boma para o Capitão do Porto de Sazaire, Boma, 5 Outubro 1961 .......... 421
ANEXO 9 – Ofício n.º 394/51/01010 de 13 octobre 1961 de Le Chef do Bief Maritime
ANEXO 10 – Nota n.º 49 Proc. 14,21 de 18 Octobre 1961 da Embaixada de Portugal para MNE Congo
ANEXO 11 – MAIORMAR R-021956Z e Parecer n.º 4 do Comando Naval de Angola, de 17 de Novembro de 1961
ANEXO 12 – Ofício PIDE-Luanda n.º 4407/61-S.R., 3 Novembro 1961 e Ofício N.º 481 da Embaixada de Portugal, 24 Novembro 1961
ANEXO 13 – Nota N.º 7, Proc. 17,2 da Embaixada de Portugal, 16 Février 1962
ANEXO 14 – Note Verbale n.º 133/1395/62, 23 Février 1962
ANEXO 15 – Registo dos Acontecimentos pelo N.H. Carvalho Araújo
ANEXO 16 – Carta Gen. Deslandes Set61; Ofício CEMA 22SET61; Ofício CEMGFA n.º 2.425/A, 16SET61; Despacho CEMA 19IX61
ANEXO 17 – Despacho do Chefe do Estado-Maior da Armada de 25.1.1962
ANEXO 18 – Cartas do 1.º Ten Rosa Coutinho para o Cônsul
ANEXO 19 – A libertação na imprensa de Luanda e de Lisboa
ANEXO 20 – Correspondência com o Embaixador P. Teotónio Pereira
ANEXO 21 – Dados Biográficos do Almirante António Alva Rosa Coutinho
ANEXO 22 – Arrêté Ministériel n.º 05/132; Mesures de Sureté de l’État; Notification d’Indésirabilité
ANEXO 23 – Convenção de Saint-Germain-en-Laye, 10 Setembro 1919
ANEXO 24 – Roteiro do Rio Zaire no seu percurso angolano
ANEXO 25 – Memorando da Conversação entre o Secretário de Estado e o Primeiro-ministro Lumumba da República do Congo, em 27 de Julho de 1960
ANEXO 26 – CONGO – Elementos Biográficos
ANEXO 27 – ÁFRICA – Uma Cronologia

ABREVIATURAS/SIGLAS

BIBLIOGRAFIA

FONTES


* * * * *


O AUTOR:

CARLOS DE ALMADA CONTREIRAS nasceu em Aljustrel, em 1941, tendo feito grande parte do seu percurso de vida na Marinha de Guerra Portuguesa.
Participou activamente no 25 de Abril de 1974 e na redacção do Programa do Movimento das Forças Armadas. Indicou a canção “Grândola Vila Morena” como senha da operação militar dessa madrugada.
Entre outros cargos, foi Conselheiro de Estado, Conselheiro da Revolução e director do S.D.C.I..
É Capitão-de-Mar-e Guerra, na situação de Reforma.
Dirige a colecção “Memórias de Guerra e Revolução” editando obras que procuram estudar e clarificar a memória histórica da Revolução de Abril de 1974.
É coordenador das obras: Operação “Viragem Histórica” (2.ª ed.) – 25 de Abril de 1974 e A Noite que Mudou a Revolução de Abril – A Assembleia Militar de 11 de Março de 1975 (transcrição da gravação original).
Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

Detalhes:

Ano: 2021
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 528
Formato: 23x16
ISBN: 9789895660353
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
23/06/2021
ROSA COUTINHO – Prisioneiro na República do Congo, da autoria de Carlos de Almada Contreiras
APRESENTAÇÃO: dia 23 de junho (4.ª feira), às 18h00, na casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Capitão-de-Mar-e-Guerra Jorge Lourenço Gonçalves

22/06/2021
CAMPO MAIOR NO CENTRO DE UM CONFLITO INTERNACIONAL, da autoria de Rui Rosado Vieira
APRESENTAÇÃO: dia 22 de junho (3.ª feira) às 18h30, no Quartel do Carmo, em Lisboa. apresentação: General Rui Manuel Clero (General-Comandante-Geral da GNR)

20/06/2021
CALAMENTO, da autoria de Romeu Correia
APRESENTAÇÃO: dia 20 de junho (Domingo) às 16h30, no Centro Comercial “O Pescador”, em Costa da Caparica

19/06/2021
SERTÓRIO – uma história de Vila Nova, da autoria de João Luís Nabo
LANÇAMENTO: 19 de Junho (sáb.), pelas 17h00, no Cine-teatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo. Apresentação: Doutora Teresa Fonseca e do Doutor Pedro Coelho

17/06/2021
ROSA COUTINHO – Prisioneiro na República do Congo, da autoria de Carlos de Almada Contreiras
LANÇAMENTO: dia 17 de junho (5.ª feira) às 18h00, no Instituto Hidrográfico, em Lisboa. Apresentação de Vice-Almirante José Luís Gonçalves Cardoso

31/12/2019
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

19/03/2018
A Colibri na Rádio Horizonte (92.8)
Clique no menu "Links" para aceder ao canal do Youtube

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99