As Africanas




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Partir. Partir em viagem. Partir sem ponto de partida nem de chegada. Partir simplesmente… de barco, avião, carro… pouco importa. Só partir é importante, sabendo que não há distância entre o longe e o perto. Partir… perder-se no labirinto dos lugares, deixar-se levar pelo ziguezague de tempos sem data, encontros e reencontros de rostos, muitos rostos, sem nome, mas muitas histórias sussurradas, num transbordar permanente dos sentidos, tal como o rio que une e separa, aquele rio onde todos os rios do mundo vão desaguar. E Kilimanjaro. Só ele montanha. Só ele com encosta e cimo. Só ele a memória perfumada! ¶ Vida de vidas vividas em África, sempre África, esteja onde a(s) Africana(s) esteja(m). África como pulsão. África como identidade que, por intermédio da(s) Africana(s), contamina quem toca. Aquela África serena e próxima, grávida de dignidade e, logo, liberdade e igualdade, que busca a coerência do amanhã no que prometeu ontem. A África que o embondeiro anuncia na estranha persistência da espera do amanhecer. 12 ¶ O texto As Africanas é tudo isto e muito mais. É um grito de paz pela terra amada, pelas vidas doadas. É um perder-se na penumbra mnésica para se encontrar algures no inconfundível cheiro a terra molhada e calor familiar. ¶¶ [Prefácio de Maria da Glória Garcia]

Índice:

Prefácio
Prólogo
Homenagem

HISTÓRIAS QUE EU VIVI
“Ondula, savana branca”
O meu jango em África
O meu jango, a minha casa
No início
A terra dos elefantes – I
A terra dos elefantes – II
A africana
Os dias em que o meu mundo desabou
Turbilhão de acontecimentos
Conflitos em África
Chuva de lágrimas
Rio de lágrimas
Mercado de lágrimas
O renascer de um continente
O renascer de África
Um natal antecipado
A princesa e o pirata
Os nossos heróis
A psicanálise e os nossos heróis
Os heróis do nosso tempo
Carta aberta aos militantes da UNITA
Trinta anos de amor incondicional
Trinta anos
As fábulas contadas às duas filhas
Kilimanjaro, quando estivemos no topo de África
Sonhos de menina
Um pedaço do passado
Menina inteligente
O pouco tempo em que fui verdadeiramente avó
A princesa cor-de-rosa e o pirata
O sucesso da voz
O tesouro que ninguém nos pode tirar
Utopia, ou talvez não?
Um dia fomos soldados e jovens
O Mussulo
A minha amiga e eu
A outra África... a que existe nos nossos corações


* * * * *


A AUTORA:

FÁTIMA MOURA ROQUE nascida em Luanda em 1951, é licenciada em Economia pela Universidade de Luanda e doutorada em Econometria e Economia Monetária Internacional pela Universidade de Witswatersrand (África do Sul).
É autora de vários livros sobre Angola e sobre África, e de uma centena de trabalhos de investigação e artigos académicos.
É membro fundador da Ordem dos Economistas é, também, membro da Sociedade de Geografia de Lisboa, académica-correspondente estrangeira da Academia Internacional da Cultura Portuguesa desde 2009 e académica-correspondente estrangeira da Classe de Letras da Academia das Ciências de Lisboa. Em 2009 recebeu o Prémio de Mérito atribuído pelo governo de Angola na categoria de activismo social e, em 1998, foi condecorada Lady Commander of the Order of Knights of Malta.

Detalhes:

Ano: 2021
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 9789895660087
Formato: 21x15
ISBN: 9789895660087
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
23/06/2021
ROSA COUTINHO – Prisioneiro na República do Congo, da autoria de Carlos de Almada Contreiras
APRESENTAÇÃO: dia 23 de junho (4.ª feira), às 18h00, na casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Capitão-de-Mar-e-Guerra Jorge Lourenço Gonçalves

22/06/2021
CAMPO MAIOR NO CENTRO DE UM CONFLITO INTERNACIONAL, da autoria de Rui Rosado Vieira
APRESENTAÇÃO: dia 22 de junho (3.ª feira) às 18h30, no Quartel do Carmo, em Lisboa. apresentação: General Rui Manuel Clero (General-Comandante-Geral da GNR)

20/06/2021
CALAMENTO, da autoria de Romeu Correia
APRESENTAÇÃO: dia 20 de junho (Domingo) às 16h30, no Centro Comercial “O Pescador”, em Costa da Caparica

19/06/2021
SERTÓRIO – uma história de Vila Nova, da autoria de João Luís Nabo
LANÇAMENTO: 19 de Junho (sáb.), pelas 17h00, no Cine-teatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo. Apresentação: Doutora Teresa Fonseca e do Doutor Pedro Coelho

17/06/2021
ROSA COUTINHO – Prisioneiro na República do Congo, da autoria de Carlos de Almada Contreiras
LANÇAMENTO: dia 17 de junho (5.ª feira) às 18h00, no Instituto Hidrográfico, em Lisboa. Apresentação de Vice-Almirante José Luís Gonçalves Cardoso

31/12/2019
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

19/03/2018
A Colibri na Rádio Horizonte (92.8)
Clique no menu "Links" para aceder ao canal do Youtube

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99