Maria das Tormentas

Romance




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Lúcio Neto Amado

Sinopse:

Maria das Tormentas pretende ser um romance cujos protagonistas andam à volta de personagens que povoaram o imaginário singular do Império europeu que claudicou na África lusófona em 1975. ¶ O enredo principal é centrado no território de Portugal, de São Tomé e Príncipe, com ligeira passagem por outras paragens que pertenceram ao referido Império. ¶ Os actores fazem parte do actual universo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (C.P.L.P.). Grande parte desses personagens não existe de facto, mas a narrativa pode representar situações vivenciadas por pessoas de quem já ouvimos falar. ¶ Existe contudo, um núcleo central cuja prática se prende com reminiscências da escravatura atravessando todo o período que remete o leitor para os últimos dias da nostalgia da partida de uns e, do regresso de outros. ¶ Eles, [os personagens] emergem de uma obra de ficção inspirada na imaginação do autor que faz pela primeira vez, uma incursão nesse género literário que é o Romance. Aqui desfia-se a memória sentimental da família, da descrição subtil da emigração e do período que marca o ser humano, tanto no início como no fim dos que trabalharam durante a vida inteira, dando sentido à tranquilidade e outros que desbarataram as oportunidades e tiveram uma velhice conturbada. ****************************************************** Naquele tempo, as meninas quando atingissem a maioridade, amantizavam em primeiro lugar com os brancos das Roças, seguindo uma orientação com força de tradição antiga das mães e das avós autóctones. ¶ A razão dessa prática residia no facto das condições materiais de supremacia, que os brancos candidatos exerciam sobre os nativos. ¶ A supremacia estava à vista. ¶ O que a justificava era a relação de poder que havia no tempo dos nossos avós e, que ninguém escondia, dadas as evidências. ¶ Construíam casas para as mulheres, compravam uma pequena gleba e davam, em alguns casos, os seus apelidos e mesada para as crianças mestiças. ¶ Outras mordomias vinham por acréscimo, dependendo se a jovem era virgem ou não, no acto do enlace (...)

Índice:

AUTOR:

LÚCIO NETO AMADO. Nasceu na Freguesia da Conceição, ilha de São Tomé (São Tomé e Príncipe). Fez os estudos primários em São Tomé e liceal em São Tomé e em Lisboa.
É Professor de Educação Física de profissão – Licenciado em Educação Física e em Sociologia. Leccionou em Angola, em Timor-Leste, em Portugal e em São Tomé e Príncipe.

Obras publicadas: • Manifestações Culturais São-Tomenses – apontamentos, comentários, reflecções, 2011; • Os Mares do meu Arquipélago, 2012; • O Labirinto da Esperança, 2014; • História da Educação em São Tomé e Príncipe, 2018

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 224
Formato: 23x16
ISSN: 9789896898441
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
13/12/2021
AS COMUNIDADES SEFARDITAS E A NAÇÃO PORTUGUESA, da autoria de Florbela Veiga Frade
LANÇAMENTO: dia 13 de dezembro (2.ª feira), às 17h00, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

10/12/2021
AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS, coord. de José Almeida Silva
APRESENTAÇÃO: 10 de Dezembro (6.ª feira), às 17h00, Biblioteca do Instituto D. Luiz, FCUL, Lisboa. Oradores: Júlia Seixas (CENSE/FCT_NOVA), Sandro Mendonça (ISCTE/ANACOM), Miguel Brito (IDL/FCUL)

09/12/2021
DA TOPONÍMIA DE ÉVORA – SÉCULO XVI (vol. III), da autoria de Afonso de Carvalho
LANÇAMENTO: 9 de Dezembro, às 17h00, na Biblioteca Pública de Évora

06/12/2021
PRÁTICAS ARTÍSTICAS, PARTICIPAÇÃO E POLÍTICA, da autoria de Hugo Cruz
LANÇAMENTO: dia 6 de dezembro (2.ª feira), às 18h00, no Salão Nobre do Teatro Garcia de Resende, em Évora

04/12/2021
MUNDO(S) - LIVRO 15 – Coletânea de Poesia Lusófona
APRESENTAÇÃO: dia 4 (sábado) de dezembro de 2021, pelas 16 horas, na SNBA – Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa

04/12/2021
ARQUEOLOGIA, PATRIMÓNIO E MUSEUS – Meio Século de intervenção Cívica e Cultural, da autoria de Luís Raposo
CONVERSA entre Luís Osório e Luís Raposo, dia 4 de Dezembro (sáb.), às 15h30, na Casa das Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão.

30/11/2021
MACAU, UMA CIDADE IMPROVÁVEL, da autoria de Helena Cabeçadas
APRESENTAÇÃO: 30 de Novembro de 2021, às 18H00, Biblioteca/Espaço Cultural Cinema Europa, em Lisboa. Comentadores: Gilda Oswaldo Cruz (pianista/escritora); Jorge Araújo (biólogo/ professor universitário)

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

19/03/2018
A Colibri na Rádio Horizonte (92.8)
Clique no menu "Links" para aceder ao canal do Youtube

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99