Escravos e Homens Livres

Lisboa, São Tomé e Luanda




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Orlando Piedade

Sinopse:

Depois de ter sido distinguido com o prémio literário Francisco José Tenreiro 2015 com o livro Os Meninos Judeus Desterrados – um romance baseado em factos históricos que relata o percurso de cerca de duas mil crianças judias, com idades compreendidas entre os seis e oito anos, retiradas aos pais, enviadas para povoar as ilhas de São Tomé e Príncipe, sob as ordens do capitão donatário Álvaro de Caminha, no ano 1493, ainda numa fase bastante embrionária do povoamento destas ilhas – o autor regressa com mais um romance, também este baseado em factos históricos. Desta feita, versa sobre a vida dos africanos em Lisboa, expondo as duras condições de vida que tiveram, depois da abolição da escravatura em Portugal, decretada pelo Marques de Pombal, em 1773. Desta vez, o autor não só nos leva, outra vez, até São Tomé e Príncipe como também a Luanda, tendo sempre como pano de fundo factos verídicos. ************************************************************ O rei D. José I não achou piada alguma… um tão extraordinário número de escravos pretos que (…) só vem a este Continente ocupar os lugares dos Moços de servir que, ficando sem cómodo, se entregam à ociosidade e se precipitam nos vícios… Então, em 1761 mandou lavrar um diploma a determinar que “os escravos que forem trazidos da América, África e Ásia sejam considerados livres logo que cheguem aos portos deste reino”. Sebastião José de Carvalho e Melo – o Marquês de Pombal – em 1773, foi ainda mais longe proibindo a importação de escravos africanos e abolindo a escravatura em Portugal. Essa proibição veio mudar, de forma definitiva, a paisagem, os rostos e a identidade – a história secular do décimo segundo bairro lisboeta, conforme o alvará régio de 25 de março de 1742 – Bairro do Mocambo – esvaziando-o paulatinamente do seu caráter distintivo, tornando-o órfão dos seus criadores e consequentemente da sua essência.

Índice:

AUTOR:

Orlando da Glória Silva Piedade – nasceu em São Tomé, em 1974. Publicou o seu primeiro livro em 2011 – O Amor Proibido – um romance baseado em factos históricos sobre a colonização das ilhas de São Tomé e Príncipe entre os séculos XV e XVIII.
Em 2014 publicou o livro Os Meninos Judeus Desterrados – prémio literário Francisco José Tenreiro 2015 – também este um romance baseado em factos históricos, onde aborda o drama de cerca de duas mil crianças judias retiradas aos pais e enviadas, em 1493, para povoar as ilhas de São Tomé e Príncipe.

Detalhes:

Ano: 2018
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 240
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-778-9
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
07/06/2022
DÓI-ME TUDO, SENHOR DOUTOR!, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 7 de Junho (3.ª feira) às 18h30, na Casa do Alentejo, em Lisboa

01/06/2022
ANGOLA E A INDEPENDÊNCIA, da autoria de António Belo
LANÇAMENTO: 1 de Junho de 2022 (4.ª feira), às 18h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Comandante Jorge Correia Jesuíno

28/05/2022
MUNDO(S) - LIVRO 18 – Coletânea de Poesia Lusófona, com Coord. Literária de Ângelo Rodrigues
LANÇAMENTO online: 28 (sábado) de maio, pelas 16 horas

26/05/2022
DA GUERRA EM ÁFRICA ÀS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS DE PAZ, da autoria do consócio Luís Loureiro Nunes
LANÇAMENTO: 26 de Maio de 2022 (5.ª feira) 18h30, no Clube Militar Naval, em Lisboa. Apresentação: Doutora Maria Luís Figueiredo

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]