Memórias e Narrativas de Boaventura

(Madeira, 1950-1960)




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Boaventura, terra longínqua, emoldurando com grandeza e majestade o norte da minha ilha da Madeira, ergue-se com frequência nos horizontes da minha memória, onde se desenham imagens, se desenrolam histórias e se explicam encontros e partilhas que o avançar dos tempos acabou por fortalecer. Há nomes, há locais, há referências, há histórias que, de tão indeléveis, repousam no mais profundo do nosso espírito, para, de vez em quando, surgirem do silêncio e do apagamento do passado, e nos dizerem, entre afectos e saudades, que fizeram, fazem parte da nossa vida. A evocação, embora datada (a década de 50 do século passado), que o autor faz da sua terra, em pouco ou nada altera o quadro territorial e humano em que as minhas recordações se focalizam: ele expressa ainda, naquela década, as mesmas marcas dum povo, capaz de ultrapassar a agressividade da natureza e o esquecimento social e político a que foi votada durante tantos anos. A impressionante realidade, que palpita em cada uma das páginas, não deixará nenhum dos seus leitores indiferentes. Este livro vale pelo que é, mas vale também pelo que revela do seu autor. (Agostinho Jardim Gonçalves)

Índice:

Dedicatória
Agradecimentos
Prefácio
Introdução
Sinopse
Contexto histórico
A Comunicação pela oralidade

Capítulos:

I – Os Acontecimentos
1.1. A Levada da Achada Grande
1.2. Explosão no Cabo da Ribeira
1.3. As Chegadas e as Partidas dos Horários
1.4. A Venda do Peixe
1.5. O Mau tempo na Freguesia

II – Os locais da terra
2.1. A Mercearia
2.2. A Barbearia
2.3. O Açougue
2.4. O Fontenário da Achada no sítio da Igreja
2.5. A Escola Primária Oficial
2.6. O Moinho de Cima
2.7. A Laje Vermelha
III – As pessoas
3.1. O Engenhoso Pirotécnico
3.2. O Homem da lenha do Cabo da Ribeira
3.3. A Parteira e Curandeira
3.4. As Três Mulheres Polivalentes
3.5. Um Músico Boaventurense
3.6. O Júlio do Pomar
3.7. Cantor sem temor

IV – Os artesãos
4.1. A Vida de um artesão
4.2. Amigo da cultura e da vida
4.3. O Pintor de Igrejas
4.4. Os Cesteiros
4.5. O Tanoeiro

V – As tradições
5.1. Os Vendilhões
5.2. A Apanha e a descasca dos vimes

VI – Associados à religião
6.1. A Voz do chamamento
6.2. Procissão nocturna

VII – Mapeamento das Casas na Boaventura
7.1. Mapa memoralista das casas na Boaventura
Quadro Sociográfico dos Entrevistados
Análise sociográfica
Inferências
Conclusão
Lista de Entrevistados
Lista de jovens contactados
Bibliografia


O AUTOR:

José Manuel Vieira nasceu na freguesia da Boaventura, onde viveu a infância e uma parte da adolescência; frequentou o ensino liceal, emigrou para a Suíça onde trabalhou e estudou. Depois de regressar ao país, trabalhou em várias empresas das quais na multinacional Fiat Auto Portuguesa.

O compositor é licenciado em sociologia, pelo ISCTE, com tese sobre o papel dos católicos progressistas na transformação social, em Portugal, entre 1968-1974. Mestre em Cidadania Europeia, com tese sobre a análise de discurso no período marcelista.

É formador e tem um longo percurso de vida associativa, particularmente na área da animação sóciocultural.

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 154
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-128-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
16/03/2024
AI, ALENTEJO… – Memórias Rurais, da Autoria de Abílio Maroto Amiguinho
APRESENTAÇÃO: Dia 16 de Março de 2023 (sábado), às 16h00, na Sede da Junta de Freguesia de Santa Eulália (Elvas). Apresentação: Dr.ª Ana Maria Maroto

01/03/2024
MEMÓRIAS DE UM COMBATENTE, ANTES E DEPOIS DO 25 DE ABRIL DE 1974, da autoria de João Pedro Quintela Leitão
LANÇAMENTO: 1 de Março de 2024 (6.ª feira) 17h00, no Caslisboa, em Lisboa. Apresentação: Dr. Bruno Miguel Galeano Quintela Leitão e Dr. Pedro Eugénio Galeano Quintela

28/02/2024
OS JUDEUS MARROQUINOS DE CABO VERDE – SÉCULO XIX (2.ª ed.), com coordenação e organização de Carol Castiel
APRESENTAÇÃO: dia 28 de fevereiro de 2024 (4.ª feira), às 18h30, na Associação Caboverdeana, em Lisboa

30/07/2021
UNION HISPANOMUNDIAL DE ESCRITORES outorga o Escudo de Prata a Edições Colibri
EM RECONHECIMENTO PELO SEU APOIO À LITERATURA

25/05/2018
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

18/03/2018
A Colibri no Youtube
www.youtube.com/channel/UCh1qOgVfD928sohgDxoDSGA/videos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99 “Chamadas para a rede fixa nacional (PT), de acordo com o tarifário do utilizador” ___________________________________ [O telefone n.º 21 796 40 38 deixou de estar ao serviço da Colibri]