Rosália

a menina exposta da roda




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Florbela Teixeira

Sinopse:

Rosália, uma bela jovem duriense nascida em parte incerta a 20 de abril de 1802, criada na Casa do Adro pelo padre e pela criada, anseia por descobrir as suas origens. Levada pelas memórias que encerra a sete chaves no seu coração, parte numa viagem atribulada ao encontro do passado. Na sacristia da igreja de S. Salvador do Unhão, consulta, com avidez, os livros paroquiais de registo de batismo. Uma terrível e confrangedora surpresa a aguarda! “Rosália, exposta da roda!”, um murmúrio constante e abrasador que lhe domina o pensamento e aflige o coração. ¶¶ Portugal oitocentista é o palco e a ambiência económica, social, cultural e política da história de Rosália e do padre Amorim. Dá cor à narrativa e envolve o leitor, arrastando -o numa viagem pelo passado, ao encontro da identidade de Rosália e das aventuras e desventuras da pátria lusitana. Um país de gente orgulhosa, que luta com afinco pela independência e pela libertação do jugo de forças francesas e inglesas, e que muito quer ser a metrópole de um império e casa mãe da família real. Uma guerra fratricida, liberais versus absolutistas, irá marcar a história de vida das personagens e a História de Portugal. ********************************************************* Os expostos da roda ou enjeitados, crianças abandonadas por mães, cuja condição de extrema pobreza lhes não permitia criá-las ou que, dado o seu estado de solteiras, e em defesa da honra da família, se viam impelidas a rejeitar os filhos indesejados, fazem parte do nosso imaginário histórico. Não raras vezes fruto de amores incestuosos, sacrílegos ou adúlteros, eram a semente do medo e da vergonha para a mulher, já que ao homem não eram cobrados quaisquer encargos parentais. [do Prefácio]

Índice:

*****


FLORBELA TEIXEIRA nasceu em Varziela, concelho de Felgueiras, distrito do Porto, a 17 de agosto de 1964. Licenciou-se em 1987, em História variante Arqueologia, na Faculdade de Letras do Porto. Iniciou a sua atividade como professora, no ano letivo de 1987-88, na Escola Secundária de Santiago do Cacém. Ao longo da sua carreira profissional, lecionou em inúmeras escolas, tais como: Escola Secundária de Vendas Novas; Escola Secundária Lima de Freitas e Escola Básica Barbosa du Bocage, em Setúbal; Escola Básica 2+3 Pedro Nunes de Alcácer do Sal. Atualmente, leciona as disciplinas de História e Geografia de Portugal e Português na Escola Hermenegildo Capelo, em Palmela. Foi ainda professora tutora da CPCJ de Palmela. Reside em Palmela e é uma mãe orgulhosa de três filhos. Em 2018, publicou o seu primeiro romance histórico “Uma família nos tempos de Salazar”. “Rosália - A Menina Exposta da Roda” é o seu segundo romance histórico”.

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 210
Formato: 23x16
ISBN: 9789896899103
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

06/03/2020
ANTÓNIO, EM PORTALEGRE CIDADE – Romance, da autoria de Carlos Ceia
LANÇAMENTO: dia 6 de Março (6.ª feira) das 18h00-19h30, Campus de Campolide, em Lisboa. Apresentação: Profª Doutora Ana Maria Martinho

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

15/02/2020
NICOLAU CHANTERENE – Um Insigne Escultor em Évora, 1532-1542, da autoria de Francisco Bilou
LANÇAMENTO: 15 de Fevereiro (sáb.), às 16H00, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora. Apresentação: Dr. Manuel Branco

08/02/2020
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
APRESENTAÇÃO: dia 08 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Major-General Raul Cunha e Dr. Luís Graça

01/02/2020
O CAVADOR QUE LIA LIVROS NO TEMPO DE SALAZAR, da autoria de Francisco Cantanhede
APRESENTAÇÃO: dia 1 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Biblioteca Municipal de Faro. Apresentação: Fernando Évora

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99