EM PORTUGUÊS – Crónicas sobre Tradução

IN PORTUGUESE – Chronicles about Translation




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

São coligidos aqui os textos que, de 2006 a 2016, o Magazine “Philos” (www.philos.pt) publicou, todos eles subordinados ao título Em Português. Durante esse tempo, com uma regularidade trimestral, escrevi sobre tradução a pedido dos editores do Magazine, aos quais apresento os meus agradecimentos públicos. ¶ Limitados ao espaço de uma página, que deveria conter o meu texto em português e a respectiva tradução em inglês, que a equipa da “Philos” levaria a cabo, os textos seriam necessariamente curtos; assim se fez sempre e é assim que eles aqui se oferecem à leitura, sem cortes ou acrescentos. Crónicas lhes chamei, pois testemunham as vicissitudes de quem as escreveu, confrontado com o pensar e o viver a tradução. ¶ Elas dão conta de acontecimentos que porventura passaram despercebidos ou estão já no esquecimento. As referências a certos autores não são, muitas vezes, mais do que isso: referências. Uma crónica não é um ensaio. Mas a referência pode constituir-se em incentivo ao leitor para a procura de aprofundamento. O meu mestre de sempre, Valéry Larbaud, está presente nestas Crónicas, mas muitos outros autores da minha mesa de cabeceira não tiveram a mesma sorte, fruto da contingência do tempo a que ninguém pode escapar. ¶ Deixo um agradecimento especial e sincero à equipa de tradutores da “Philos” pela tradução para inglês destas Crónicas. Bem hajam!

Índice:

INTRODUÇÃO
INTRODUCTION

1. (Março de 2006)
2. (Junho de 2006)
3. (Setembro de 2006)
4. (Dezembro de 2006)
5. (Março de 2007)
6. (Junho de 2007)
7. (Setembro de 2007)
8. (Dezembro de 2007)
9. (Março de 2008)
10. (Junho de 2008)
11. (Setembro de 2008)
12. (Dezembro de 2008)
13. (Março de 2009)
14. (Junho de 2009)
15. (Setembro de 2009)
16. (Dezembro de 2009)
17. (Março de 2010)
18. (Junho de 2010)
19. (Setembro de 2010)
20. (Dezembro de 2010)
21. (Abril de 2011)
22. (Junho de 2011)
23. (Setembro de 2011)
24. (Dezembro de 2011)
25. (Abril de 2012)
26.(Junho de 2012)
27. (Setembro de 2012)
28. (Dezembro de 2012)
29. (Abril de 2013)
30. (Junho de 2013)
31. (Setembro de 2013)
32. (Dezembro de 2013)
33. (Abril de 2014)
34. Crónica sobre assunto particular; não podia aqui ser incluída
35. (Setembro de 2014)
36. (Dezembro de 2014)
37. (Abril de 2015)
38. (Junho de 2015)
39. (Setembro de 2015)
40. (Dezembro de 2015)
41. (Abril de 2016)
42. (Junho de 2016)
43. (Setembro de 2016)
44. (Dezembro de 2016)



AUTOR:

CARLOS CASTILHO PAIS é doutor em Estudos Portugueses na especialidade de Estudos de Tradução. Publicou, para além de Poesia, várias obras de reflexão ou de divulgação sobre a Tradução, das quais se destacam: “Teoria Diacrónica da Tradução Portuguesa (Antologia)” e “Apuntes de Historia de la Traducción Portuguesa”. Organizou e editou os principais textos sobre tradução de António Feliciano de Castilho (“António Feliciano de Castilho, o Tradutor e a Teoria da Tradução”) e foi o primeiro presidente da Associação Ibérica de Estudos de Tradução e Interpretação (AIETI).

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 180
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898670
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
23/11/2019
ROSÁLIA – A menina Exposta da Roda, da autoria de Florbela Teixeira
LANÇAMENTO: dia 23 de Novembro de 2019 (sábado), das 16h00 às 18h00, na Biblioteca Municipal de Palmela

20/11/2019
A ILHA É UMA LUPA, da autoria de Maria José Nazaré
LANÇAMENTO: dia 20 de Novembro (4.ª feira) às 18h30, no Espaço UCCLA, em Lisboa

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99