Max Perutz

Lord Hemoglobina




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Max Perutz era um cientista de grande distinção, reconhecido internacionalmente como o pai fundador da moderna cristalografia de raios X de proteínas, através da sua demonstração de que a introdução de um átomo pesado numa molécula de proteína leva à determinação da sua estrutura tridimensional (3D): de hemoglobina por ele próprio, e da mioglobina por John Kendrew. ¶ Perutz é comumente visto como um cristalógrafo, mas, para ele, resolver a estrutura da molécula era a forma de entender o mecanismo que está por detrás da função. Ele era, acima de tudo, um químico. ¶ Liderava pelo exemplo, e as pessoas mais jovens viam-no “de pé junto da bancada do laboratório ou de um tubo de raios X, ao invés de sentado à sua secretária”. ¶ Morreu cheio de anos e de honras, e um homem feliz... Nunca foi um homem para descansar sobre os louros, trabalhando até ao fim, não para outras honrarias, mas simplesmente porque investigação era o que ele gostava de fazer. ¶¶ [Aaron Klug, 2002] ******************************************************* Max Perutz trouxe uma visão química que foi notável, juntamente com uma versatilidade na sua aspiração de atrair mais técnicas para aplicar ao problema da estrutura e dinâmica da hemoglobina. Sempre tentou entender, em pleno, a interpretação dos resultados, mesmo que tivesse de confiar nas medições de outros, por espectroscopia de Raman por exemplo. Compreendeu que seria necessária uma abordagem multitécnica para demonstrar as suas teses. Max provou a si próprio ser um finalizador disposto a lutar pelas suas teorias. ¶¶ [Robin Perutz, 2016]

Índice:

Maximilian Ferdinand Perutz

O adeus a Viena

O Laboratório Cavendish

Cambridge e Bernal

Hemoglobina – os primeiros cristais

De refugiado a “inimigo alienígena”

Enamoramentos

Perutz e Habacuque

Substituição isomórfica

Perutz e Kendrew

Hemoglobina 3D

LMB – Laboratory of Molecular Biology

Hemoglobinopatia

Let me tell you...

Notas

Saber +




AUTORA:

Raquel Gonçalves-Maia. É química por formação e renascentista por vocação. Trabalha a Ciência, a História da Ciência e a Filosofia da Ciência. ¶ Desenha pontes entre a Ciência, a Arte e a Literatura. Divulga.

Detalhes:

Ano: 2018
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 84
Formato: 21x15
ISBN: 978-989-689-748-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
22/10/2018
RITMOS AFECTIVOS NAS ARTES PERFORMATIVAS, da autoria de Ana Pais
LANÇAMENTO: Dia 22 de Outubro de 2018 (2.ª feira), às 19h00, no Teatro Municipal São Luiz. Conversa com Paula Varanda, Pedro Gil, Rui Pina Coelho e a Autora

20/10/2018
A DIMENSÃO TEATRAL DO AUTO DA FÉ, da autoria de Bruno Schiappa
APRESENTAÇÃO: Dia 20 de Outubro de 2018 (sábado), às 17h00, no Átrio do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99