História dos Descobrimentos

Uma Odisseia Fascinante




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Os descobrimentos portugueses têm uma história fascinante sob muitos pontos de vista, com facetas tão variadas que a forma de a contar pode ser feita de muitos modos e segundo muitos e diversos aspectos. ¶ Aquela que ensaiamos nesta obra procura ligar os diversos acontecimentos e a sua cronologia à época e à personalidade dos decisores da altura, pois foram as circunstâncias e a personalidade deles que lhes deram origem e sustentaram o curso. Não foi por acaso que “da ocidental praia lusitana” partiu, “por mares nunca dantes navegados”, um punhado de homens que, “em perigos e guerras esforçados”, acrescentaram ao conhecimento humano páginas e páginas de geografia, antropologia, botânica, zoologia, etc. E criaram novas técnicas de navegação e, ao mesmo tempo que desenvolveram a cartografia e a construção naval, desbravaram o Oceano, fazendo conhecer correntes e ventos que marcaram os rumos com que estreitaram o Mundo e aproximaram civilizações. ****************************************************** Conhece-se actividade marítima em Portugal desde o tempo do primeiro rei, cujo almirante, D. Fuas Roupinho, consta ter combatido navios mouros que assolavam as nossas costas, mas também o comércio marítimo, que se estenderia ao Mediterrâneo e ao Báltico. Está documentado o interesse de D. Dinis, que, após a morte do seu almirante-mor, Nuno Fernandes Cogominho, mandou vir de Génova Manuel Pessanha e mais 20 marinheiros, para reorganizar a marinha. E de D. Fernando, que fomentou a construção naval, dando para tal facilidades nas matas nacionais, e foi pioneiro no seguro marítimo.

Índice:

Preâmbulo

Capítulo I – Redescoberta e povoamento das Ilhas Atlânticas (1419-1433)

Capítulo II – Para além do cabo Bojador (1434-1438)

Capítulo III – Pausa (1437-1440)

Capítulo IV – D. Pedro e as Descobertas (1439-1448)

Capítulo V – No tempo de D. Afonso V (1448-1481). Orientação territorial-guerreira versus comercial-marítima
1 – No início do reinado
2 – Continuidade das descobertas sob direcção do infante D. Henrique (1446-1460)
3 – Após a morte do infante D. Henrique (1460-1481)

Capítulo VI – D. João II (1481-1495) – Impulso Científico

Capítulo VII – D. Manuel I (1495-1504) – Índia e Brasil: fim dos descobrimentos, início do império

BIBLIOGRAFIA
Fontes
Dicionários e Enciclopédias
História
Bibliografia Geral
BIOGRAFIAS



AUTOR:

Carlos Calinas Correia formou-se em engenharia electrotécnica pelo IST em 1957, exercendo seguidamente actividade como projectista em áreas tão diversificadas como redes de distribuição, iluminação pública, instalações industriais e electrificação de grandes edifícios. Em 1969 transitou para a área de manutenção industrial. Finalizou a sua actividade de engenheiro como gestor de projectos e, após a conclusão destes, foi nomeado administrador de uma unidade fabril, actividade em que se reformou. ¶ → Simultaneamente, e desde 1962, geriu uma firma de comércio internacional, negócio familiar deixado em herança por seu pai. Exerceu também actividade em profissão liberal e como consultor de diversas empresas. ¶ → Após a reforma destas actividades dedicou-se à História, que fora sempre um seu “hobby”, licenciando-se e obtendo o mestrado em “História dos Descobrimentos e Expansão”, com a defesa duma dissertação sobre “A Arte de Navegar de Manoel Pimentel. (As edições de 1690 e 1712)”. ¶ → Tem participado em congressos e elaborou a biografia do seu bisavô, José Hermenegildo Correia, escritor, hoje só conhecido em meios académicos. ¶ → Com esta obra pretende contribuir para a divulgação de factos menos conhecidos da nossa História.

Detalhes:

Ano: 2018
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 126
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-751-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

04/04/2020
VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

08/03/2020
KOSOVO – A Incoerência de uma Independência Inédita, da autoria de Raul Cunha
APRESENTAÇÃO: dia 8 de Março (Sábado) às 15h00, na Delegação do Clube do Sargento da Armada – Feijó. Apresentação: Major-General Carlos Branco

06/03/2020
ANTÓNIO, EM PORTALEGRE CIDADE – Romance, da autoria de Carlos Ceia
LANÇAMENTO: dia 6 de Março (6.ª feira) das 18h00-19h30, Campus de Campolide, em Lisboa. Apresentação: Profª Doutora Ana Maria Martinho

05/03/2020
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO (3.ª ed): dia 5 de Março (5.ª feira) das 18h00, na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Apresentação: Prof.ª Doutora Luísa Tiago de Oliveira

29/02/2020
MUNDO(S) – Livros 7 – Coletânea de Poesia Lusófona
LANÇAMENTO: 29 de Fevereiro (sáb.), às 16h00, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Apresentação dos autores e da obra por Ângelo Rodrigues

27/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
APRESENTAÇÃO: 27 de Fevereiro (5.ª feira), às 18h00, na Livraria Ferin, em Lisboa

22/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
LANÇAMENTO: 22 Fevereiro (sábado), às 16h00, Mosteiro se Santa Maria de Celas, em Coimbra. Apresentação: Ana Alcoforado

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

20/02/2020
O ALENTEJO E A LUTA CLANDESTINA – António Gervásio um Militante Comunista, da autoria de Luís Godinho
LANÇAMENTO: dia 20 de fevereiro (5.ª feira), às 18h00, no Museu do Aljube, em Lisboa. Apresentação: Margarida Machado e Teresa Fonseca

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99