Poder e estatuto em Portugal no final da Idade Média

Os Lobo entre a cavalaria e a baronia




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Ontem como hoje, o poder e o estatuto são marcas inconfundíveis da experiência humana. Neste livro, estes temas são analisados no contexto do final da Idade Média em Portugal a partir de um estudo de caso – o percurso da linhagem dos Lobo. Originários da cidade de Évora, os Lobo souberam aproveitar os momentos de crise e conflito para ascenderem política e socialmente, em especial através do apoio dado aos reis da dinastia de Avis. Ao patrocínio régio associaram o controlo do poder local, que consolidaram através da participação em redes familiares e de dependência, formularam uma memória coletiva que os unia e constituíram uma base patrimonial que lhes permitiu manter um estilo de vida prestigiante. Contudo, os vários ramos da linhagem dos Lobo tiveram sucessos desiguais, com os senhores de Alvito a serem os que mais foram favorecidos pelas voltas da roda da fortuna. Desta maneira, os Lobo são um caso exemplar de mobilidade social ascendente no final da Idade Média portuguesa, dos mecanismos de consolidação e reprodução do poder, das fontes de prestígio e legitimação do estatuto social. Acompanhar o percurso dos Lobo é surpreender as lógicas estruturadoras e as dinâmicas da sociedade e do poder tardo-medievais.

Índice:

Prefácio

Nota prévia

Siglas e abreviaturas

Introdução

Capítulo 1 – Conceitos e contextos – ser um dos “melhores da terra” em Évora

Capítulo 2 – O estabelecimento de uma elite nos séculos XII e XIII – os milites de Elbora

Capítulo 3 – As incógnitas do século XIV. Dificuldades de leitura de um percurso em ascensão

Capítulo 4 – O poder, mecanismo de promoção social

Capítulo 5 – Sangue, clientelas e memória, ingredientes da aristocratização

Capítulo 6 – Sustentar o poder e o estatuto – a base patrimonial e os rendimentos

Considerações finais

Anexos

Fontes e bibliografia

Detalhes:

Ano: 2017
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 200
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-731-4
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

08/02/2020
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
APRESENTAÇÃO: dia 08 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Major-General Raul Cunha e Dr. Luís Graça

01/02/2020
O CAVADOR QUE LIA LIVROS NO TEMPO DE SALAZAR, da autoria de Francisco Cantanhede
APRESENTAÇÃO: dia 1 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Biblioteca Municipal de Faro. Apresentação: Fernando Évora

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99