O Arquétipo da Princesa

Construção Social da Feminilidade




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Rita Mira
Colecção: Trilhos/CESNova

Sinopse:

Este livro resulta de uma tese de Mestrado na área dos Estudos sobre as Mulheres / Estudos de Género e procura analisar, a partir do arquétipo da princesa, o processo de construção e reprodução das desigualdades de género que, desde a infância, vão moldando o ser feminino. ¶ Partindo da importância do processo de socialização na construção das identidades de género, mas também do reconhecimento que este processo não é estável nem um produto acabado, esta investigação procura compreender de que forma é que este arquétipo está presente no processo de socialização de meninas e de mulheres e que impacto têm as suas mensagens simbólicas na (re)construção da feminilidade e nas concepções sobre o amor.

Índice:

Agradecimentos
Prefácio
Prefácio da autora
Ponto de partida

Capítulo I: Tornar-se e ser-se princesa: um arquétipo encantado de feminilidade
1.1. O ideário da princesa: as imagens, o imaginário, as histórias e os discursos
1.2. À espera do amor, à espera da felicidade

Capítulo II: O Género e a construção da feminilidade
2.1. Pensar e nomear o Género
2.2. Tornar-se e ser-se menina
2.3. Tornar-se e ser-se mulher

Capítulo III: Serei uma princesa? Sonhos que (não) se inscrevem no real
3.1. As histórias das crianças
3.2. As histórias das mulheres

Ponto de chegada (que é também um novo ponto de partida)

Anexo

Bibliografia


A AUTORA:

Rita Mira é investigadora no Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais / Faces de Eva da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Doutoranda em Sociologia, desenvolvendo investigação na área da construção social da intimidade. Mestre em Estudos sobre as Mulheres pela mesma universidade, com a dissertação “O Arquétipo da Princesa na Construção Social da Feminilidade”. Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa e pós-graduada em Gestão de Projectos em Parceria pelo ISCTE. Colaboradora, desde há 9 anos, numa ONG com intervenção na área dos Direitos Humanos das Mulheres e Crianças. Faz parte da equipa de redacção da Revista Faces de Eva.

Detalhes:

Ano: 2017
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 120
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-571-6
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
09/09/2018
GRANDE GUERRA 1914-1918, da autoria de Ana Maria Paiva Morão
LANÇAMENTO: dia 09 de Setembro (dom.), às 11h00, na Casa do Povo de Montalvão

08/09/2018
O MILAGRE DAS ABELHAS – Pela nossa Saúde, de Paula Branco
APRESENTAÇÃO: Dia 08 de Setembro de 2018 (sáb.), às 11h00, no "Festival do Mel", em Loures

02/09/2018
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Encerramos para férias entre 1 de Agosto e 2 de Setembro, por isso não podemos satisfazer quaisquer encomendas. A partir de 3 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

01/09/2018
COMENDA COM GENTE – Fotobiografia de uma Aldeia Alentejana, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 01 de Setembro (sáb.), às 15h00, no Salão Paroquial e Comunitário da Comenda. Apresentação: Dr. Silvestre Lacerda (Director do Arquivo Nacional da Torre do Tombo)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99