Um Pássaro é mais do que a sua Jaula




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

O nacionalista angolano Adolfo Maria é um exemplo humano; não só pela sua longa e exemplar vida, mas pela forma desinteressada com que abraçou a causa nobre da libertação dos povos. Adolfo representa um conjunto de valores que sentimos sempre estarem em falência: o respeito pela vida, pela dignidade dos outros, pela autodeterminação. Um Pássaro é mais do que a sua Jaula é uma aproximação ao nacionalismo Angolano a partir de uma perspectiva filosófica. Trata-se de um monólogo dramático, em que convergem elementos d’A Consolação da Filosofia de Boécio e aspectos da biografia de Adolfo Maria. * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * “O tipo afastou-se “Vocês são amigos dos pretos… Depois quando eles vos entrarem em casa, e vos cortarem o pescoço, venham cá pedir ajuda.” Vi-o a entrar no jipe e desaparecer na escu¬ridão. Virei-me e olhei o rapaz nos olhos – é impossível descrever a humilhação no seu rosto. Sentei-o, “João, Ele deu-te uma bofetada… E eu não podia fazer mais nada. Podia ter pelejado com ele, mas aí ficaríamos os dois em perigo. Se eu não o tivesse deixado consolar-se com esta bofetada, ele não ia desistir, ia voltar mais tarde. Houve o que te digo: um dia estes brancos que estão aqui a mandar nesta terra… Isto vai acabar, são bandidos. Mas agora tu e outras pessoas como tu, tem que ter cuidado… O meu coração está contigo e quer agir mas agora é a cabeça que tem de mandar… Não vale a pena ripostar nem desafiá-los, porque se não, morrem as pessoas e as coisas não mudam.”

Índice:

AUTOR:
Guilherme Mendonça. Encenador, dramaturgo, guionista e professor. Nasceu em Moçambique e fez a sua formação teatral na Guildhall School of Music and Drama e na Royal Academy, em Londres. Tem publicadas peças de teatro, traduções e ensaio. É autor de numerosas encenações e coautor de guiões para televisão. No seu trabalho artístico tem-se centrado nos aspectos humanos e sociais do colonialismo e pós-colonialismo portugueses. É doutorado em dramaturgia.

Detalhes:

Ano: 2017
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 58
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-672-0
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Matos
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

24/08/2017
O BARRANQUENHO - Língua, Cultura e Tradição, da autoria de María Victoria Navas
LANÇAMENTO: Dia 24 de Agosto de 2017 (5.ª feira), às 21h00, no Museu Municipal de Arqueologia e Etnografia, em Barrancos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99