Cadernos de Campo

Apontamentos sobre Caça e Conservação da Natureza




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

As boas práticas da caça, que o mesmo é dizer, o respeito pelos bichos e pela natureza, estão bem vincadas nas páginas do livro, presentes em quase tudo o que é contado. Felizmente. É cada vez mais necessário que o devoto de Santo Huberto se liberte da mácula de predador sem escrúpulos, de cruel assassino de animais, de invasor da propriedade alheia, de inimigo da paz ambiental. É urgente que se guarde respeito à caça e a quem a pratica. É preciso que se veja nela uma forma natural de equilíbrio no sensível espaço rústico onde tudo acontece. (João Mário Caldeira) ******************************************************* Defender o vivo e a sua continuidade é interpretar e reinterpretar o nosso papel, o papel da humanidade na transformação e manutenção dos equilíbrios da natureza que também transformámos. A caça ordenada, num quadro de racionalidade e regras claras, é um benefício para a manutenção de ecossistemas ricos, equilíbrios agro-florestais produtivos e uma vida rural geradora de comunidade. (António Eloy) ******************************************************* Cadernos de Campo – Apontamentos sobre Caça e Conservação da Natureza, nasce da vontade do autor trazer a lume, de uma só vez, um conjunto de textos já apresentados noutras publicações e que, com alguns remendos, possam ser mostrados com maior apresentação a um público mais habituado a consumir as letras dos nossos maiores escritores. A verdade é que essa tarefa não é fácil de conseguir. Em primeiro lugar, porque a narrativa pode apresentar alguma prosa específica, focalizada mais numa terminologia de caráter cinegético. Por vezes, difícil de entender por quem não cultive e colha os frutos da confraria de Santo Huberto. E também pelo facto de quem escreve não ser o melhor utilizador da língua de Camões. (O Autor)

Índice:

Prefácio

Nota prévia

Caça e Conservação da Natureza
Memórias da Contenda
O Baldio dos Marvões – Conservação da Natureza
Esperas ao Javali
Uma espera em abril – Relatos de uma jornada
A estratégia
Pensamentos de espera
O início
A caça
O tiro
Um javali atirado a frio
Uma espera aos javalis em terras da comenda de Noudar
Paisagem e património
A Gestão Cinegética
O Javali – Traços Morfológicos
A caçada
Uma espera na Zona de Caça Nacional da Contenda
Uma espera ao javali em Santo Aleixo
Os grandes navalheiros da Z. C. N. da Contenda
Esperas ao javali
A Montaria e a Caça de Aproximação
As montarias no sul de Portugal
Caça de aproximação – a brama ao alcance de todos
As aproximações ao veado na Z. C. N. da Contenda
Aproximações ao veado
O veado
Os muflões do Baldio dos Marvões
O Muflão
A caçada
Os muflões da Z. C. N. da Contenda
O surgimento dos muflões da contenda
Métodos de caça
O pombo torcaz
Alpedras – uma caçada aos torcazes
Considerações sobre o pombo-torcaz
Chegaram os pombos

Glossário de termos cinegéticos

Bibliografia

Fotografias

Posfácio, por António Eloy



O AUTOR:

Mário Francisco Mendes Fialho de Almeida nasceu em Santo Aleixo da Restauração, no concelho de Moura, há 51 anos.
É licenciado em História pela Universidade Lusíada, em Lisboa e, neste momento, é professor do Quadro de Agrupamento, lecionando as disciplinas de Português e História e Geografia de Portugal, ao 2.º Ciclo do Ensino Básico.
Ao longo da sua carreira profissional tem desempenhado cargos ligados à administração e gestão escolar.
Em largos períodos tem exercido funções, como formador externo, em diversas instituições como o Instituto do Emprego e Formação Profissional; Sociedade Promotora de Formação L.da; Rota do Guadiana e Escolas Oficina em diversas áreas do saber, ligadas à sua formação científica.
No âmbito da gestão cinegética, até ao momento, fez parte de diversos órgãos sociais nas Associações de Caçadores de Barrancos
e Santo Aleixo da Restauração. Também fez parte do Conselho de Administração da Herdade da Contenda e do Conselho Técnico e Científico da mesma instituição. Neste momento é colaborador na administração e gestão cinegética de diversas Zonas de Caça Turísticas na área geográfica de Santo Aleixo da Restauração.
Desde há alguns anos, colabora assiduamente nas Revistas Caça & Cães de Caça e Caça Maior e Safaris.

Detalhes:

Ano: 2015
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 120
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-512-9
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

04/04/2020
VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

08/03/2020
KOSOVO – A Incoerência de uma Independência Inédita, da autoria de Raul Cunha
APRESENTAÇÃO: dia 8 de Março (Sábado) às 15h00, na Delegação do Clube do Sargento da Armada – Feijó. Apresentação: Major-General Carlos Branco

06/03/2020
ANTÓNIO, EM PORTALEGRE CIDADE – Romance, da autoria de Carlos Ceia
LANÇAMENTO: dia 6 de Março (6.ª feira) das 18h00-19h30, Campus de Campolide, em Lisboa. Apresentação: Profª Doutora Ana Maria Martinho

05/03/2020
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO (3.ª ed): dia 5 de Março (5.ª feira) das 18h00, na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Apresentação: Prof.ª Doutora Luísa Tiago de Oliveira

29/02/2020
MUNDO(S) – Livros 7 – Coletânea de Poesia Lusófona
LANÇAMENTO: 29 de Fevereiro (sáb.), às 16h00, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Apresentação dos autores e da obra por Ângelo Rodrigues

27/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
APRESENTAÇÃO: 27 de Fevereiro (5.ª feira), às 18h00, na Livraria Ferin, em Lisboa

22/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
LANÇAMENTO: 22 Fevereiro (sábado), às 16h00, Mosteiro se Santa Maria de Celas, em Coimbra. Apresentação: Ana Alcoforado

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

20/02/2020
O ALENTEJO E A LUTA CLANDESTINA – António Gervásio um Militante Comunista, da autoria de Luís Godinho
LANÇAMENTO: dia 20 de fevereiro (5.ª feira), às 18h00, no Museu do Aljube, em Lisboa. Apresentação: Margarida Machado e Teresa Fonseca

17/02/2020
INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DIPLOMÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, Esterline Gonçalves Género (Coord.)
LANÇAMENTO: dia 17 de fevereiro (2.ª feira), às 18h00, Fundação Cidade de Lisboa, em Lisboa. Apresentação: Prof. Doutor Luís Alves de Fraga

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99