Colonial/Post‐Colonial: Writing as Memory in Literature




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Esta publicação reúne alguns dos textos apresentados no seminário Re‐writing/Re‐Memoring History in Literature Through the Colonial/Postcolonial Junction, realizado no âmbito da reunião anual do CHLEL – Coordinating Committee for the Comparative History of Literatures in European Languages Series (Comissão de Coordenação para a História Comparada das Literaturas em Línguas Europeias), um GT do ICLA que se dedica ao estudo da história literária, relacionando a transformação de fenómenos literários ao longo dos tempos, desde a Renascença até à actualidade. (...) , é possível constatar que o Seminário contou com visões muito diferentes sobre o pós‐colonial, do medievalismo literário à problemática das identidades decorrentes de (re)agenciamentos históricos pós‐coloniais e pós‐imperiais. Com efeito, os estudos pós‐coloniais, ao darem ênfase à afirmação da diferença (colectiva e individual), privilegiam não apenas a produção da subjectividade como o reconhecimento das “subjectividades maginalizadas” da História. (...). No caso da produção literária de países marcados pela situação colonial (tanto do ponto de vista metropolitano quanto do império), a experiência memorativa, ao fazer da memória um dos fortes temas que a fertilizam, instiga a retomada e revisão de questões relacionadas com as ideias de nação, nacionalismo, identidade, colonialidade e pós‐colonialidade. Ao se voltarem para as intensas transformações provocadas pela invasão dos recursos tecnológicos, e por arranjos e mesclagens, que se mostram de forma significativa em diferentes “locais de cultura”, os relatos memorialistas e outras expressões culturais produzidas nessas geografias propiciam o contacto com agenciamentos e articulações que se efectivam no campo de diferentes linguagens. Esse processo incentiva ecundas articulações do discurso literário com outros discursos culturais que informam sobre o passado histórico

Índice:

APRESENTAÇÃO:
Inocência Mata e Fernanda Gil Costa

I. Itinerários Conceptuais Pós Coloniais

1. A “Postcolonial” approach to medieval Latin literature?
Francesco Stella 13
2. Lisbofonia(s) e Lusofobia(s): a interrogação da nação nas margens da língua
Flávia Ba 25
3. O perigo de uma história única das literaturas africanas em língua portuguesa
Emanuelle Rodrigues dos Santos 33
4. O pós colonial como ideologia: os estudos literários e a ordem eurocêntrica
Inocência Mata 43

II. Itinerários de Experiências Coloniais

1. Heróis sem carácter. A construção da identidade nacional brasileira em Macunaíma
Patricia Vieira 59
2. Recepção dos movimentos modernistas na literatura moçambicana
Fátima Mendonça 79
3. Framing the Nation from the Colonization Debris – a Reading of
J. E. Agualusa’s Novels Nação Crioula and O Vendedor de Passados
(Creole and The Book of Chameleons)
Fernanda Gil Costa 93
4. Itinerários da memória na escrita da literatura angolana contemporânea
Tania Macedo 105
5. Memória e história: a pós independência frelimiana de João Paulo Borges Coelho
Terezinha Taborda Moreira 117

Detalhes:

Ano: 2013
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 130
Formato: 23x16
ISBN: 978‐989‐689‐268‐5
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
28/11/2017
E ANICETO VEM À LUZ, da autoria de Joseia Matos Mira
LANÇAMENTO: Dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), às 18h00, na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa. Apresentação: Fernando Couto e Santos

28/11/2017
CONVERSAS SOBRE HISTÓRIA DA MÚSICA, da autoria de Jorge Costa Pinto
LANÇAMENTO: dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), entre as 11h30 e as 12h30, na Salão Nobre Academia Sénior, na Parede

27/11/2017
ROMEU CORREIA, com coordenação de Edite Simões Condeixa
LANÇAMENTO: Dia 27 de Novembro de 2017 (2.ª feira), às 18h00, no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada. Apresentação: Vitor Fernandes – poeta e romancista

25/11/2017
ANTÓNIO MARIA LISBOA – Eterno Amoroso, da autoria de Joana Lima
LANÇAMENTO: dia 25 de Novembro de 2017 (sábado), às 17h00, na Livraria Letra Livre, Galeria Zé dos Bois, em Lisboa

20/11/2017
JOÃO INOCÊNCIO CAMACHO DE FREITAS, da autoria de João Abel de Freitas
APRESENTAÇÃO: Dia 20 de Novembro de 2017 (2.ª feira), às 18h00, Auditório da Reitoria da Universidade da Madeira. Apresentação – Marcelino de Castro (Director da Revista Islenha)

18/11/2017
ANGOLA – O 4 de Fevereiro de 1961 em Luanda e Outras Memórias, da autoria de César Gomes
LANÇAMENTO: dia 18 de Novembro de 2017 (sábado), às 15h30, Auditório do Hotel Solverde, Granja (Espinho)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99