O Nacionalismo Político São Tomense

Volume 2




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Após luta titânica desenvolvida durante vários séculos contra diferentes tipos de oponentes (designadamente humanos, geográficos, financeiros, organizacionais e comunicacionais), o povo de São Tomé e Príncipe conquistou no dia 12 de Julho de 1975 a soberania por que tanto ansiava, libertando-se do jugo político exercido por sucessivos governos portugueses. Tratou-se, sem dúvida, de um feito histórico, inexcedível, realizado por diversas organizações políticas, económicas, sociais, culturais, etc., bem como por muitos políticos, intelectuais e artistas dominados pelo amor à nação. Era, pois, imprescindível que tal empresa histórica fosse devidamente interpretada, para que as gerações presente e futuras possam conhecer diferentes vectores axiais que suportaram a emancipação política de São Tomé e Príncipe. Luta, de resto, patenteada nesta reflexão intitulada O Nacionalismo Político São-tomense.

Índice:

Biografias
Notas
Documentos

O AUTOR:
Carlos Espírito Santo nasceu a 17 de Abril de 1952 na ilha de São Tomé. É licenciado em Filosofia pela Universidade de Lisboa, Mestre em Literaturas Brasileira e Africanas de Língua Portuguesa pela mesma Universidade e doutorado em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade do Porto. Foi professor catedrático na Universidade Moderna de Lisboa e após ter regressado a São Tomé e Príncipe professor visitante na mesma Universidade. Publicou várias obras, com destaque para: Poesia do Colonialismo, Lisboa, África, 1978; A Coroa do Mar, Lisboa, Cooperação, 1998; Tipologias do Conto Maravilhoso Africano, Lisboa, Cooperação, 2000; «Prefácio, Organização e Notas» de Poemas, de Herculano Levy, Lisboa, Cooperação, 2000; Torre de Razão, 2 vols., Lisboa, Cooperação, 2000; Almas de Elite Santomenses, Lisboa, Cooperação, 2000; Esperança, Utopia e Narcisismo nas Literaturas Africanas, Lisboa, Cooperação, 2000; Aires Menezes – O Leão, Lisboa, Cooperação, 2001; Enciclopédia Fundamental de São Tomé e Príncipe,
Lisboa, Cooperação, 2001; A Guerra da Trindade, Lisboa, Cooperação, 2003.

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 584
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-194-7
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
25/02/2016
NOVAS E VELHAS TENDÊNCIAS POPULACIONAIS, org. de Gilberta Pavão Nunes Rocha e Álvaro Borralho
LANÇAMENTO: dia 25 Fevereiro (5.ª feira), às 18h30, na Livraria LeYa Solmar, em Ponta Delgada (Açores)

13/02/2016
O MONTE DAS TÍLIAS, de Lúcia Gonçalves
LANÇAMENTO: Dia: 13 de fevereiro (sáb.), às 16h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Dr.ª Fátima Dias

12/02/2016
O FLUIR DO TEMPO, da autoria de Manuel Simões
LANÇAMENTO: Dia 12 de Fevereiro de 2016 (6.ª feira), às 18h00, na Biblioteca Nacional de Portugal. APRESENTAÇÃO – Prof. Doutor Fernando Martinho

11/02/2016
SOU QUE NEM ÁRVORE VINDA DE ANGOLA, de Inácio Rebelo de Andrade
LANÇAMENTO: Dia 11 de Fevereiro de 2016 (5.ª feira), às 18h00, na Biblioteca Nacional de Portugal. APRESENTAÇÃO – Prof. Doutor Salvato Trigo (Reitor da Universidade Fernando Pessoa)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99