O Homem das Violetas Roxas




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

O Homem das Violetas Roxas é um romance que nos confronta com três personagens de alma límpida mas cuja vida foi entupida, de uma forma ou de outra, pela tristeza: um curador de almas, uma mulher em busca da sua identidade e uma velha enlouquecida por segredos e mistérios esquivos, próprios das mulheres que não foram amadas. * * * * "Ao sentir-se envelhecer, ele perdera a vontade de ir na procissão e refugiou-se naquele local perto do mar. Ali sentia-se a presença de Deus, não havendo espaço para medo ou culpa. Mas a procissão passou a visitá-lo… Todos os dias chegava alguém com um andor às costas, carregado com o peso da sua alma" "O velho Abel era sensível aos valores das almas dos homens que o procuravam e penetrava os espíritos com profundidade. Eram homens e mulheres em busca de um pedaço de céu. Para aqueles que o procuravam, ele interpretava magicamente as suas vidas e mudava-as para melhor, diziam. Quer fosse através das violetas e dos seus poderes medicinais, quer fosse através da força das palavras modeladas pela voz do coração, a quinta tornara-se o oráculo das gentes do sul." "Ali, tudo era colocado no seu devido lugar e as coisas, exceptuando os laços que mantemos com quem amamos, tinham a importância que tinham. E, na maioria das vezes, era pouca…"

Índice:

Prefácio
Prólogo
Lua
Marte
Mercúrio
Júpiter
Vénus
Shabat
Sol
Epílogo
Agradecimentos


A AUTORA:
Carmo Miranda Machado nasceu no Alentejo profundo, numa aldeia da margem esquerda do Guadiana e vive em Lisboa onde é professora de Português e formadora da área comportamental em várias empresas. Mestre em Ciências da Educação pela Universidade Católica Portuguesa, mantem o interesse pela investigação frequentando o Doutoramento em Supervisão da Prática Profissional. Colabora com a Revista Mais Alentejo e o Jornal Notícias do Parque. Publicou Entre Dois Mundos, Entre Duas Línguas em 2007 e Eu Mulher de Mim – em Lisboa, Além Tejo e Todo o Mundo em 2009, ambos nas Edições Colibri.

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 126
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-138-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
28/11/2017
E ANICETO VEM À LUZ, da autoria de Joseia Matos Mira
LANÇAMENTO: Dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), às 18h00, na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa. Apresentação: Fernando Couto e Santos

28/11/2017
CONVERSAS SOBRE HISTÓRIA DA MÚSICA, da autoria de Jorge Costa Pinto
LANÇAMENTO: dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), entre as 11h30 e as 12h30, na Salão Nobre Academia Sénior, na Parede

27/11/2017
ROMEU CORREIA, com coordenação de Edite Simões Condeixa
LANÇAMENTO: Dia 27 de Novembro de 2017 (2.ª feira), às 18h00, no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada. Apresentação: Vitor Fernandes – poeta e romancista

25/11/2017
ANTÓNIO MARIA LISBOA – Eterno Amoroso, da autoria de Joana Lima
LANÇAMENTO: dia 25 de Novembro de 2017 (sábado), às 17h00, na Livraria Letra Livre, Galeria Zé dos Bois, em Lisboa

20/11/2017
JOÃO INOCÊNCIO CAMACHO DE FREITAS, da autoria de João Abel de Freitas
APRESENTAÇÃO: Dia 20 de Novembro de 2017 (2.ª feira), às 18h00, Auditório da Reitoria da Universidade da Madeira. Apresentação – Marcelino de Castro (Director da Revista Islenha)

18/11/2017
ANGOLA – O 4 de Fevereiro de 1961 em Luanda e Outras Memórias, da autoria de César Gomes
LANÇAMENTO: dia 18 de Novembro de 2017 (sábado), às 15h30, Auditório do Hotel Solverde, Granja (Espinho)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99